Pitacos – Clubes grandes passam vergonha na Copa do Brasil

Leia o post original por Neto

pitacosUma noite para muita gente esquecer. Por outro lado motivo de festa para outra turma. Essa rodada decisiva da Copa do Brasil mostrou o São Paulo fazendo um verdadeiro papelão dentro do estádio do Morumbi. Enfrentou o Bragantino tendo uma boa vantagem no placar (venceu o primeiro jogo por 2 a 1). Pra melhorar saiu na frente com o gol do zagueiro Paulo Miranda. Depois deu um apagão nos caras que levaram impressionantes três gols. Mas e o Ganso e o Pato? Não chamaram a responsabilidade? Pior! Cadê o Kaká? Poxa vida, o cara foi contratado para ficar só seis meses. Por que não estava em campo? Brincadeira, né? Vexame total! Pobre do torcedor que esteve na arquibancada vendo esse absurdo.

O que dizer então do Fluminense? Pelo amor de Deus! Depois de construir um placar de 3 a 0 no Nordeste e estar vencendo o jogo por 2 a 1 em casa, também conseguiu mais quatro gols. Isso mesmo! Levou de 5 a 2 do modesto América de Natal. Aí é brincadeira, né? E não pense que era mistão carioca em campo não. Eram os titulares com direito a Fred, Cícero, Rafael Sóbis e companhia. Até o Conca entrou depois. Então não tem desculpa. Esses caras merecem apanhar de gato morto e só parar de bater quando o gato voltasse a andar. Tá louco.

Outra potência do País a ser eliminado foi o Internacional. Levou outra surra do Ceará e acabou fora da Copa do Brasil. O que prova que os maiores devem respeitar os menores. Até pela crise técnica que vive o futebol brasileiro. E não me venham falar que todo mundo entregou o resultado pra jogar a Copa Sul-Americana. Isso é conversinha pra boi dormir. Essa temporada o torneio continental estará com Boca, River, Universidad de Chile e muitos outros. Pra que fazer isso? Vitrine? Se isso for comprovado pode parar o futebol que quero descer. Uma atitude ridícula dessa seria uma boa razão pra antecipar uma aposentadoria.