Torcer para a boa fase não acabar

Leia o post original por diego simao

Sem nenhum “porém”, “mas” ou “entretanto”, o Figueirense melhorou com Argel Fucks. Muita pegada, vontade e um mínimo de organização fizeram maravilhas pelo time alvinegro.

Mesmo com o empate, o ponto é festejado, assim como a recuperação da confiança do time. O Atlético-MG não é o melhor do campeonato, mas com toda certeza está entre os melhores do Brasileiro 2014. E mostrou isso.

Elenco qualificado, aplicado e time organizado. Sejamos justos, o time visitante era melhor.

Apesar desses fatores desvantajosos, ainda jogou contra um juiz ruim que mais inverteu faltas e bandeiras que viram impedimento onde não havia. E o Figueirense superou tais problemas.

Em suma, o alvinegro voltou a ser competitivo. Não é possível ter a ilusão de que sempre vai ganhar, mas ficou a esperança de que teremos vontade e capacidade de ao menos brigar. Ou seja, mantendo a mesma toada, podemos almejar ficar na série A.

Em campo, muita superação, alguns erros bobos e vontade. É algo com que o torcedor pode conviver e voltar a ter vontade de ver os jogos, ir ao estádio. Claro, mantida a promoção de ingressos.

Quarta, porém, o buraco é mais embaixo. Apesar de haver ainda quem aqui ache o Botafogo um “grande time” pelo simples fato de ser do Rio de Janeiro, o momento do Bota é ruim e é adversário direto contra o rebaixamento.

Nada, mas NADA mesmo além de uma vitória é o dever do Figueirense. Somente vencendo jogos chaves como esse (como foi o contra a Chape) é que podemos pensar em ficar na Série A.

É torcer para o Figueirense manter o ritmo. É torcer para Argel não perder a mão. Torcer para a boa fase não acabar.

Abraço do Tainha