Inter busca a sexta vitória consecutiva pelo Brasileirão

Leia o post original por Pedro Ernesto

Foto Fernando Gomes

Foto Fernando Gomes

 

Obstáculo é grande. Mas o Inter pode sonhar com a sexta vitória seguida no Brasileirão. Joga em casa, terá o apoio de milhares de torcedores e ambiente muito favorável. O problema mesmo está no adversário. O São Paulo é um grande time e vem para confronto direto com o Inter. Abel Braga terá de resolver o problema causado pela ausências dos volantes Willians e Wellington. Para ter esse último, o clube teria de pagar multa de R$ 700 mil para escalá-lo. Ganhando, o Inter dorme, mais uma vez, líder.

São Paulo
Imagine o setor ofensivo do São Paulo: Kaká e Ganso são os meias, à frente deles há Pato e Alan Kardec, que tem vitalidade, é um goleador e preocupa qualquer defesa, principalmente na bola aérea. Pato, depois de muito tempo sem jogar nada, parece reencontrar seu futebol. Marcou gols e quer recuperar terreno. Kaká é outro que busca retomada. Ao seu lado, Ganso tem toques notáveis e lentidão espantosa. No banco, estará Muricy Ramalho, velho conhecido dos colorados. Será um grande jogo, com previsão de 35 mil pessoas no Beira Rio.

Time ideal
Felipão bate cabeça para achar a formação ideal do Grêmio. No meio disso, enfrenta a ausência de jogadores importantes por lesão. No treino de ontem, ficaram de fora Rhodolfo e Barcos. Pará volta à lateral direita. Não é possível enfrentar o Cruzeiro, no Mineirão, com um lateral que não marca, caso de Matías Rodriguez. Zé Roberto permanece na lateral esquerda. Não existe nada melhor, por mais que se diga que não tenha mais perna. Mas sobra-lhe técnica. Protegido, pode acrescentar.

É demaaaaaaissss!
Dunga convocou alguns jogadores que podem dar mais qualidade à Seleção Brasileira depois do fiasco na Copa. Começa pelo zagueiro Miranda e passa por Éverton Ribeiro e Ricardo Goulart. Tem ainda o volante Elias, do Corinthians, que cumpre as três funções do meio. É só a primeira lista. Dunga quer mudar, mas não esquece que existia um time e que parte dele precisa ser preservado. Pelo menos, para os primeiros jogos. Gostei, em geral, da primeira convocação.

É de menos!
O calendário do futebol, vale para o Brasil e para os países sul-americanos, é de doer. No Brasil, quem é eliminado da Copa do Brasil ganha o prêmio de disputar a Sul-Americana. Isso vale para Inter, São Paulo e Fluminense. Aliás, o caso dos cariocas é emblemático. Foi rebaixado, voltou à elite pelo erro da Portuguesa, que usou jogador de forma irregular, levou 5 a 2 do América-RN na Copa do Brasil e ainda assim ganhou o consolo de vaga na Sul-Americana.