Em meio a mudanças na diretoria, Lusa enfrenta o Joinville no Canindé

Leia o post original por Luiz Nascimento

O vice-presidente do Departamento de Futebol da Portuguesa, Cláudio Santiago, foi demitido nesta segunda-feira. O presidente do clube, Ilídio Lico, escolheu como substituto o então Coordenador das Categorias de Base, Fernando Barril. O principal desafio da Lusa, porém, permanece sendo a crise financeira. Uma reportagem publicada pela ESPN aponta que alguns atletas começaram a recorrer à Justiça para receber os salários atrasados e conseguir liberação para negociar com outros clubes. O vice-presidente da diretoria, Roberto dos Santos, admitiu à Rádio Globo que o pagamento dos direitos de imagem de alguns jogadores ainda não foi depositado.

silasrelmat(1)

Em meio a mudanças e problemas financeiros, a Portuguesa enfrenta o Joinville nesta terça-feira (2), às 20h30, no estádio do Canindé. O técnico Silas não poderá contar com a presença do lateral-direito Alê, que se recupera de uma cirurgia no joelho direito. O zagueiro Gustavo Tabalipa e o atacante Marcelinho permanecem vetados pelo Departamento Médico, em fase de readaptação. Os relacionados pelo treinador são:

Goleiros: Gledson e Rafael Santos.
Laterais: Arnaldo, Jean Mota, Jussandro e Régis.
Zagueiros: Brinner, Luciano Castán e Rafael Perez.
Volantes: Bruno Piñatares, Jocinei, Marcos Assunção e Maycon.
Meias: Allan Dias, Dinélson, Djalma, Gabriel Xavier e Junior Alves.
Atacantes: Alemão, Caio e Serginho.

Para comandar a partida válida pela 20ª rodada da Série B, a Confederação Brasileira de Futebol escalou um trio de arbitragem pernambucano. Emerson Luiz Sobral será o dono do apito. Ele atuou na derrota da Lusa para o Náutico por 2 a 1 na 6ª rodada do torneio. Ricardo Bezerra Chiara e Marcelino Castro de Nazaré serão os auxiliares. O primeiro ainda não trabalhou em jogos da Rubro-Verde. O segundo bandeirou a vitória da Portuguesa sobre o América-MG por 2 a 1 nesta temporada.