Demitido, Gareca acha impossível dirigir outro clube do Brasil

Leia o post original por blogdoboleiro

Depois de ser demitido pelo Palmeiras, Ricardo Gareca acha quase impossível voltar a dirigir um clube no Brasil. “Não dei resultado. Não acho que isso vá acontecer. Somente mesmo se, no futuro, eu estiver dirigindo uma equipe que venha ao Brasil disputar a Copa Libertadores da América”, disse o treinador argentino que orientou o time em apenas 13 jogos, com oito derrotas.

Gareca pretende descansar por um tempo antes de conversar com alguma equipe argentina que se mostre interessada no trabalho dele. Ele deixa para o Palmeiras quatro atletas da Argentina recentemente contratados por indicação do treinador: Alione, Tobio, Pablo Mouche e Cristaldo. Gareca garante que todos foram um ótimo investimento: “Eles são jovens e talentosos. Precisam apenas de um tempo para que se adaptem ao futebol brasileiro”, afirmou.

O Palmeiras demitiu Gareca e já conversa com Dorival Jr. para ser o substituto dele. O presidente Paulo Nobre tem pressa. Se puder, terá um novo técnico acompanhando o time já na partida desta quarta-feira contra o Atlético Mineiro, no estádio Independência, em Belo Horizonte.