Pena do Grêmio não será afetada por caso de racismo no STJD

Leia o post original por blogdoboleiro

A corregedoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da CBF quer concluir em 30 dias a sindicância instalada para apurar se o auditor do STJD, Ricardo Graiche, colocou mensagens de caráter racista em um dos perfis dele nas redes sociais. “Já foi determinada a intimação do auditor para apresentar defesa e produzir provas. Ao final o Pleno do STJD decidirá o caso”, explicou Ronaldo Botelho Piacente, Vice-Presidente do STJD e Corregedor da Justiça Desportiva, Dr. Ronaldo Botelho Piacente..

Depois de ver três “posts” de sua página no Facebook serem espalhados pela Internet (um deles com uma criança negra envolta em um selo de refrigerante escuro), Graiche pediu licença por tempo indeterminado.

Graiche foi um dos juízes do julgamento que puniu o Grêmio com a eliminação da Copa do Brasil por atos racistas de seus torcedores. Ele votou a favor da pena. No entanto, a acusação de que ele colocou no ar piadas e frases racistas não afeta, segundo o presidente do STJD, o julgamento da última quarta-feira.

“O julgamento permanece válido. Porque são coisas distintas. O pedido de afastamento foi requerido pelo próprio auditor Ricardo Graiche até que o caso seja concluído. A Sindicância tem como objeto apurar se a conduta ilibada do auditor está comprometida em razão da sua função”, respondeu Piacente.