Juiz do RS nega ação de gremista e mantém Santos x Botafogo

Leia o post original por blogdoboleiro

O juiz Silvio Tadeu de Ávila, da 16ª Vara Cível de Porto Alegre, indeferiu o pedido de suspensão da partida entre Santos e Botafogo, marcada para 1 de outubro e válida pelas quartas de final da Copa do Brasil. A ação do advogado Daniel Gomes Pereira, sócio e torcedor do Grêmio, foi rejeitada porque o juiz entendeu que Daniel “é parte ilegítima” do caso.

Daniel vai entrar com recurso. Ele alega que o Estatuto do Torcedor lhe dá o direito de pedir a suspensão do jogo, por se sentir prejudicado como torcedor.

O Grêmio foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (exclusão da Copa do Brasil e multa de R$ 54 mil) pelo envolvimento de torcedores que cometeram atos de racismo contra o goleiro Aranha, do Santos, na partida válida pela ida das oitavas de final.

O time gaúcho entrou com recurso e o pleno foi marcado para o dia 19. Na noite anterior, Grêmio e Santos voltam a se enfrentar na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pelo Campeonato Brasileiro.