Pedro Ernesto: interesse por Nilmar já virou chateação

Leia o post original por Luciane Bemfica

 

Novela prolongada

00a5052f

Já dá para dizer que virou chateação esta novela que envolve o interesse do Inter pelo atacante Nilmar. O torcedor esperava uma definição, principalmente porque Rafael Moura tem fracassado, e seu substituto, Welington Paulista, não consegue ser muito melhor. O time faz poucos gols, e Nilmar passa a ser um desejo de primeira hora.
Por falar em hora, o tal Orlando da Hora, que é o representante do jogador, é dos mais complicados que conheço. Não é neste negócio, mas em todos que acompanham a vida desse atleta. Outros clubes já desistiram da sua contratação – caso de Cruzeiro e Corinthians – porque os valores estabelecidos são astronômicos. Não estamos mais em tempo de loucuras. Os dirigentes começam a se dar conta que foram irresponsáveis com alguns contratos que firmaram com jogadores e treinadores. Loucura pura, que levou os clubes a situação falimentar. O Inter, segundo seu presidente Giovanni Luigi, fez sua proposta e dela não se afasta. Sendo assim, não sei porque esta novela não encerra. De forma negativa ou positiva. Nilmar aceita jogar pelo que o Inter quer pagar ou que vá procurar sua turma.

Campanha

É muito boa a campanha de Luiz Felipe Scolari no comando do Grêmio. Até agora, ele disputou 21 pontos e conseguiu fazer 15. Campanha para ninguém botar defeito. O que dá para desconfiar é do futuro do time. O futebol apresentado nas últimas quatro partidas, com vitórias consecutivas, não é de qualidade.
Contra o Bahia e Atlético Paranaense, o time jogou muito pouco. Diante do Corinthians, eu entendo as dificuldades pela qualidade do adversário. Para meu gosto, a melhor atuação do Grêmio sob o comando de Felipão se deu contra o Cruzeiro lá em BH, mesmo que tenha perdido o jogo. Não sei se o Grêmio tem bola para continuar ganhando e buscando chegar ao final do campeonato no G4.
Recuperação

O que mais o torcedor espera do time do Inter é a recuperação contra o Botafogo. Não dá para entender como um time, repleto de jogadores de qualidade e com um treinador que já foi campeão do mundo, empilhe derrotas contra Ceará, Bahia, Figueirense e Vitória, equipes que são muito inferiores.
Neste momento, começam a circular informações de toda ordem. Alguns entendem que o treinador perdeu o vestiário, outros que existem grupos que se opõe. Há ainda os que falam em zona de conforto, lembrando a famosa frase de Fernandão. Para mim, fica muito difícil entender que um time com jogadores de qualidade venha perder jogos e posição na tabela, além das eliminações em outras competições. O que me parece é que cabe a diretoria do Inter tomar posições fortes e buscar a solução dos problemas, que, porventura, venham a existir.
DEMMMMAAAIIIIISSSS

Fazer gols depois do tempo regulamentar significa determinação. Esta me parece ser a grande contribuição do treinador Luiz Felipe Scolari. Ele busca, mais uma vez, a formação de um ” exército espartano “. Ou seja, de um grupo que não se entrega nunca. O que me preocupa é a possibilidade técnica do time. Muito esforçado, mas com graves erros técnicos. Além disso, ainda não se sabe qual o time titular do Grêmio. O treinador continua procurando uma escalação ideal e definitiva.

DE MENOS

O STJD tinha aplicado uma suspensão de 180 dias ao atleta Petros, do Corinthians, por ter agredido o árbitro Rafael Klaus num clássico contra o Santos. Ao revisar o assunto, ficou decidido que o jogador terá de cumprir apenas três jogos do Campeonato Brasileiro. Os gremistas também esperam que, no dia 19, o mesmo tribunal recoloque o Grêmio na Copa do Brasil, revertendo a eliminação em função dos problemas verificados na Arena no jogo contra o Santos.