Tribunal confuso

Leia o post original por Neto

O corintiano Petros durante audiência do STJD

O corintiano Petros durante audiência do STJD

Nunca deixo de me surpreender com algumas coisas que acontecem no futebol brasileiro. Depois de julgar que Petros agrediu o árbitro Raphael Klaus no clássico diante do Santos e puni-lo com 180 dias de suspensão, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva, como em um passe de mágica, voltou na decisão e trocou a pena para 3 partidas. É brincadeira? Vai ser 8 ou 80 lá na casa do chapéu! Como pode ter acontecido uma mudança tão radical?

Confesso que até achei um pouco exagerado os 6 meses de gancho iniciais. Só que depois de um mês praticamente absolver o rapaz também não, né? É visível que houve uma imprudência no lance. O Petros é um menino inteligente, bom de bola e ultimamente um dos principais jogadores do time no esquema do Mano Menezes. Mas não é santo. Errou e precisava pagar por isso. Não sei se 10, 15 jogos ou 2 meses de suspensão. Algo um pouco mais justo e coerente.

O curioso é que o STJD é ‘campeão’ em fazer lambanças como essas. São vários os casos. E não é porque é jogador do Corinthians que vou deixar de falar. Afinal a lei tem que ser igual pra todo mundo.