Abel precisa escalar o time que deu grandes resultados no primeiro semestre

Leia o post original por Pedro Ernesto

Chegou o momento do treinador Abel Braga voltar a escalar o time que lhe dera grandes resultados no primeiro semestre do ano. Contra o Botafogo, mesmo com alguma dificuldade, veio a vitória. Já contra o Sport Recife, na quarta feira, o futebol insonso voltou a aparecer no time colorado. Segundo a direção e o treinador, a equipe é maravilhosa. Segundo muitos torcedores, o desempenho é ineficiente. Faltam retoques importantes. Um deles deverá ser suprido pela contratação de Nilmar. Só que não se sabe, exatamente, quando isto vai acontecer. O goleiro tem sido outro problema. Paulão foi bem contra o Sport, mas não chega a ser uma afirmação. Falta-lhe técnica.

O problema de Abel

Mas o maior problema do Inter de Abel Braga está no meio campo. Aránguiz não tem conseguido jogar, nem mesmo depois de ser recuado para voltar a jogar como um volante, com liberdade para subir ao ataque. D’Alessandro está distante do grande jogador que se conhece. Só mesmo Alex está conseguindo render bem. Mas é claro que o time colorado só vai andar bem quando estes três jogadores, todos de qualidade superior, estiverem jogando o máximo. Aí sim o Inter é capaz de grandes feitos.

Cruzeiro

Parece cada vez mais uma barbada o bicampeonato do time mineiro. No domingo, quando o São Paulo ganhou do Cruzeiro no Morumbi, comecei a imaginar que teríamos um campeonato novamente competitivo. Mas foram só três dias para o São paulo voltar a perder, o Inter só empatar e o Fluminense perder também.
Enquanto isto, o Cruzeiro construiu mais uma tranquila vitória dentro do Mineirão, dessa vez sobre o Atlético-PR. Foi o que bastou para a diferença do líder voltar a ser de sete pontos. O Cruzeiro pode perder. Todos vão perder. Mas a campanha da equipe do técnico Marcelo Oliveira tem uma constante de vitórias. Isto faz um verdadeiro campeão.

É demais

Quem passa a noite no entorno do Beira-Rio consegue ver uma das regiões mais bonitas de Porto Alegre. O Beira-Rio iluminado de vermelho e branco, a mata do parque Marinha do Brasil, as águas espelhadas do Guaíba, o viaduto, que os gremistas chamam de Mazembe, mas que é uma obra lindíssima. Tudo bonito, tudo bem asfaltado e iluminado. Sem contar a ciclovia e as pessoas correndo para manter a forma. Um verdadeiro cartão postal da cidade. Não tem estrangeiro que não se encantou com aquela maravilha. Um espaço para ser usufruindo por todos os porto-alegrenses.

De menos

Ninguém nega as beleza dos novos estádios e Arenas construídas para a Copa do Mundo. O que me preocupa é que são dados estádios maravilhosos, com gramados impecáveis e os caras não conseguem jogar bom futebol. O nível técnico do futebol brasileiro caiu muito. Para piorar, o técnico Dunga convoca, outra vez, a Seleção e retira jogadores fundamentais dos clubes que estão na ponta da tabela, os deixando mais fracos. É muita várzea, proporcionada pela maior entidade do futebol brasileiro, e que é a própria promotora do evento. Vai entender.