Baita semana para a dupla Gre-Nal

Leia o post original por Pedro Ernesto

Foto: Alexandre Lops/Divulgação

Foto: Alexandre Lops/Divulgação

Foram quatro pontos conquistados em seis possíveis na semana que passou pelo Inter. Ainda não foi a grande atuação esperada pelo torcedor colorado, mas foi a grande pontuação adquirida. Abel voltou a escalação dos tempos das grandes vitórias. A única diferença é que ele trocou Sasha, que é mais atacante, por Alan Patrick, que é mais um meia armador.
Mas o futebol de Eduardo Sacha tem crescido, e ele tem sido um acréscimo importante. Os três jogadores técnicos do meio do campo estão mantidos. Por vezes, o time consegue colocar a bola no chão e produzir tecnicamente com muita qualidade. Este é um diferencial que não pode ser abandonado. É a grande força a serviço do time. Agora são dois jogos em casa para somar mais seis pontos e se alinhar nas primeiras colocações. Um novo astral surge no Beira-Rio.

Goleadores
Não é fácil criticar goleadores. Rafael Moura estava por completar mil minutos sem fazer gols. Fez no sábado o gol que deu a vitória para o Inter. Vale o mesmo para Dudu. Ficou desde abril sem fazer gols – 21 jogos – uma eternidade. Até que o tem a bola caiu na feição – como em tantas outras vezes – só que nesta ele teve a sorte de concluir com sucesso. E com eles, odiados pelos torcedores, se deram as duas vitórias do final de semana.

Clássicos
São Paulo e Minas Gerais tiveram clássicos de qualidade. No Itaquerão, uma grande vitória do Timão sobre o São Paulo. Um grande jogo e muita discussão em torno da arbitragem. Em Minas, o Cruzeiro jogou mais do que o Atlético-MG, mas perdeu muitos gols. O Galo foi mais eficiente marcando três gols. O Cruzeiro não consegue disparar, enquanto o Atlético entra, definitivamente, na briga por vaga na Libertadores.

Demmmaaaiissss
Por falar em longos períodos, a defesa do Grêmio tem uma incrível invencibilidade. O último gol tomado foi no jogo contra o Corinthians. De lá para cá, com a dupla de zagueiros formada por Rhodolfo e Pedro Geromel  tem garantido uma campanha bem razoável do time no Brasileirão. Geromel está fora do jogo de quarta. Os gremistas esperam que a eficiência continue a mesma.

De menos
O Palmeiras levou uma histórica e lamentável goleada do Goiás no Serra Dourada. Seus passos rumo ao rebaixamento são largos. Seria o terceiro rebaixamento do clube. O maior número da história de um time grande. Todas são as indicações de que vá acontecer. E pensar que com esta confirmação teremos um clube num estádio novinho jogando na Série B.