Palmeiras em estado de coma

Leia o post original por celsocardoso

Foto: Adalberto Marques / Agif/Gazeta Press

Foto: Adalberto Marques / Agif/Gazeta Press

A rodada do de final de semana do Campeonato Brasileiro mostrou que a briga pelo título segue aberta, apesar do grande favoritismo do Cruzeiro. O tropeço diante o rival Atlético manteve vivo o sonho de Inter, do São Paulo, do Corinthians… A propósito, vale destacar o espírito corintiano na virada contra o Tricolor. Embora discutível o primeiro pênalti marcado para o time da casa, o Corinthians jogou melhor e fez por merecer.

Do lado debaixo da tabela, lá está o Palmeiras segurando a lanterna. Contra o Goiás, o time sofreu mais uma humilhante goleada por seis a zero. É a terceira vez em três anos que o Palestra toma meia dúzia de gols numa partida. Obviamente não é obra do acaso. Gestões incompetentes apequenaram o clube nos últimos anos e o resultado é o que vemos hoje. Um arremedo de time tentando compensar a falta de qualidade com vontade. E nem sempre isso é possível. As feridas estão abertas. A goleada de ontem é reflexo de equívocos no planejamento, na construção da equipe e na escolha de seus comandantes – alguém tinha alguma dúvida de que trocar Gareca por Dorival não ia mudar coisa alguma? Incertezas que podem levar o clube de volta à segunda divisão justamente no ano do centenário. Um vexame sem tamanho!