Sem receber do Botafogo, Bolívar diz: “Caso vai para a Justiça”

Leia o post original por blogdoboleiro

Mais de 20 dias depois de ter sido desligado do Botafogo pelo presidente Maurício Assumpção, Bolívar deve entrar nos próximos dias com uma ação na Justiça para obrigar o clube carioca a pagar os salários e direitos de imagem atrasados enquanto esteve jogando. O zagueiro gaúcho permanece no Rio de Janeiro até o fim do ano escolar. Tem treinado em uma academia para manter a forma enquanto espera um clube interessado. Aos 34 anos, ele acha ter experiência e história para mantê-lo no mercado. Na ponta do lápis do jogador, o Botafogo terá que pagar 10 meses de direitos de imagens e sete salários em carteira. 

Blog do Boleiro – O que você anda fazendo?
Bolívar –
Eu tenho dois filhos. A Victoria, de 7 anos, está no primeiro ano da escola. O Tales, de 14 anos, está na sétima série. Eles ainda têm mais um mês e meio de aula. Então, estou aqui no Rio de Janeiro. Levo as crianças para a escola, como já fazia, faço minhas coisas e estou treinando numa academia aqui na Barra, com dois preparadores, Marlos e Leandro, que estão me dando um suporte legal. Como eu estou nesta batida do futebol há 15 anos, um mês de férias não é de todo ruim.

Já está conversando com algum clube?
Ainda não. A esta altura do ano, o mercado de futebol fica parado. Agora não tem nem como. Mas vão aparecer clubes interessados, pela minha história no futebol, pelo o que já conquistei. Deus sabe o que faz.

Você tem acompanhado o time do Botafogo?
Sim. Tenho acompanhado os jogos pela televisão. Gosto muito do clube. Fiz muitos amigos por lá. Minha saída foi uma decisão única e exclusiva do presidente (Maurício Assumpção), não posso contrariar. Minha ideia era ficar. Estava completando meu segundo ano. Sempre fui líder. Passei sete anos no Internacional e exerci uma liderança bacana. Eu, Emerson Sheik, Júlio César e o Edilson fazíamos um trabalho de dar experiência a um time muito jovem. Mas se a decisão do presidente foi essa, tenho que acatar.

Como está a questão dos salários que você tem para receber?
Quando saí, o Botafogo devia sete salários de direito de imagem e três de carteira. Até o final de ano, serão 10 salários de direito de imagem e seis de carteira. 

Você já recebeu alguma coisa?
Não. Assinei a rescisão do contrato no dia 15. O clube tem dez dias para pagar. Como não pagou até hoje, a questão vai parar na Justiça. Devo entrar com ação nos próximos dias.