Sem laudos da arena, Palmeiras deverá encarar Galo no Pacaembu

Leia o post original por blogdoboleiro

A partida entre Palmeiras e Atlético Mineiro, marcada para o dia 8 de novembro, deverá ser mesmo disputada no estádio do Pacaembu. A intenção dos dirigentes palmeirenses e da construtora WTorre de fazer esta partida na arena Allianz Parque parou diante da falta de laudos que deveriam ter sido entregues até a tarde desta quarta-feira. "Faltam o laudo da Vigilância Sanitária, o de prevenção e combate de incêndio (Corpo de Bombeiros), o de segurança (Polícia Militar) e também o da vistoria do engenheiro que precisa mandar um documento padrão", listou o coronel Marcos Marinhos, responsável pela liberação dos estádios em São Paulo.

Sem os documentos, a Federação Paulista de Futebol não pode mandar para a frente o pedido do Palmeiras para a mudança de local do jogo. Antes, seria preciso enviar toda a papelada para o Ministério Público de São Paulo avaliar e aprovar as condições do novo estádios. Só depois é que o dossiê será encaminhado para a CBF.

O problema é que o pedido da mudança de lugar foi entregue hoje, no limite máximo de tempo permitido pelo Estatuto do Torcedor. "Esta mudança precisa ser feita até 10 dias antes da partida. Não podemos fazer nada hoje sem estes laudos", disse o Cel. Marinho que chegou a cravar: "Este jogo vai ser mesmo no Pacembu".

Durante a tarde, ele conversou com a Polícia Militar e com o Corpo de Bombeiros que já tinha enviado apenas um auto de vistoria. Ficou claro que ainda faltam alguns detalhes para que a nova arena seja considerada apta para receber jogos de futebol. Hoje, a Arena poderia receber shows de música, desde que com capacidade menor do que 30 mil pessoas.