Feliz aniversário

Leia o post original por Pedro Ernesto

Ricardo Duarte

Ricardo Duarte

Felipão destroçou o esquema colorado. Seu time patrolou. Foi melhor em todo o jogo. Muito melhor. Com garra, disposição, foi pra dentro do Inter e, na primeira vitória na Arena sobre o rival, ela acontece com goleada. Totalmente justificada pela grande vantagem gremista ao longo da partida.

O aniversariante do dia, Luiz Felipe Scolari, construiu seu próprio presente. Uma goleada histórica interrompendo longo período de insucessos do Grêmio contra seu eterno rival. Dá para dizer que Felipão deu um grande presente para os torcedores do Grêmio.

Preguiça

Saí da Arena ontem com a convicção de que os jogadores colorados, talvez motivados pelo retrospecto recente em Gre-Nais, achavam que ganhariam o jogo naturalmente. Se enganaram. Passaram a impressão de que estavam com preguiça contra o Grêmio, que mordia em todos os lances. A goleada foi natural diante deste quadro de interesses dos dois times.

Libertadores

O Grêmio dá um passo importante para chegar à Libertadores. Já é terceiro colocado. Precisa oito pontos em 15. Já o Inter arrumou complicações. Tem o São Paulo na quarta-feira. O jogo é no Morumbi e, agora, não dá para perder novamente. O jogo se torna uma decisão para o time colorado.

Demmmaaaiissss!

Os fãs do Felipão não entendem certas críticas que faço a ele. Mas comparem o Grêmio de ontem com o de outros jogos. Ganhava pontos, mas jogava muito pouco. Ontem, foi espetacular. É este Felipão que quero ver de volta. Aquele mesmo dos primeiros tempos que trabalhou no Grêmio. Este é o Felipão que conhecemos.

De menos

Não sei se os jogadores do Inter se acham mais do que são. Pareciam grandes estrelas esperando a consagração da vitória. Foram duramente sapecados pelos obreiros do Grêmio. Vai precisar de três vitórias nos cinco jogos restantes. Mas vão ter que batalhar muito mais.