A última rodada do BR-14. Muitos mereciam cair

Leia o post original por Mauro Beting

 

17h – Começa o jogo no Barradão. O Vitória precisa vencer o Santos e torcer contra Palmeiras e Bahia.

17h02 – Começa o jogo no Couto Pereira. O Bahia precisa vencer o Coritiba e torcer para a derrota do Palmeiras e do Vitória.

17h04 – Começa o jogo no Allianz Parque. O Palmeiras só depende dele contra o Atlético Paranaense – o que é problema. Neste momento, caem Bahia e Vitória. O Palmeiras se salva. Ou pior: é salvo pela ruindade dos rivais.

17h07 – BA: O Vitória pede para tomar gol, e Lúcio perde de modo bisonho a primeira chance palmeirense.

17h11 – BA: Aranha faz grande defesa e impede primeiro gol do Vitória em tiro longo. Jogo aberto.

17h14 – SP: Prass salva e, no rebote, Gabriel Dias, o 43, salva sobre a linha. Pode ser a bola da salvação. Amém.

17h14 – SP: Não adianta. Time ruim chama gol: Gol do Atético Paranaense. Lúcio não sobe, Ricardo Silva abre o placar. Ainda caem Vitória e Bahia. 1 X 0 ATLÉTICO-PR.

17h16 –  PR: Gol do Bahia. Henrique. Agora caem Palmeiras e Vitória, Bahia vai escapando no belo gol no contragolpe, em lance de Barbio. Em dois minutos ruiu o mundo palmeirense. O mais ameaçado vai conseguindo um milagre em Coritiba. E joga mesmo direitinho.

17h18 – SP: Palmeiras ainda mais nervoso e desarticulado depois do gol do Furacão – que joga sem seis titulares. Palmeiras tem desfalques – todo o campeonato… Parece que jogadores correm sem sair do lugar ou sem saber para qual lugar correr.

17h22 – SP: Weverton faz boa defesa em bom lance do Palmeiras pela direita. Verdão cresce, mas torcida mal consegue vibrar. Todo lance do adversário parece perigoso contra o time paulista. É assim há meses.

17h23 – SP: Pênalti. Mão na bola do Dráusio. Ele abre o braço, pretende ampliar a área corporal. Mas é possível interpretar que a pancada de Gabriel Dias foi muito próxima, e o zagueiro rubro-negro estava de costas… Lance discutível. Henrique bateu bem, Weverton nem se mexeu – pela qualidade da conbrança, não por falta de interesse do goleiro que não é bom defensor de pênaltis. Bahia volta à zona de rebaixamento, junto com o Vitória, que segue empatando jogo equilibrado em Salvador. PALMEIRAS 1 X 1. 

17h28 – PR: Rômulo amplia para o Tricolor em belo lance de contragolpe, pela esquerda. Ainda se salvam Palmeiras e Vitória. BAHIA 2 X 0.

17h28 – SP: Prass salva o Verdão em belo lance pela direita do ataque do Furacão. Palmeiras marca muito mal. Parte 38 no BR-14.

17h30 – PR: Alex quase faz golaço de fora da área. Mas Lomba faz bela defesa. O Coxa aperta.

17h32 – SP: o promissor rubro-negro Nathan arraca bonito pela esquerda e Prass faz outra grande defesa. Defesa do Palmeiras dá espaço pelas laterais, por dentro, pelo miolo, por todos os lados.

17h35 – SP: Valdivia puxa a perna. E, ainda assim, joga mais que todos os companheiros e divide melhor a bola que todos eles. Partida de superação notável do camisa 10 que enfim não pode ser cobrado em time tão limitado e, muitas vezes, tão sem vibração.

17h35 – PR: Zé Love cabeceia e diminui no Couto Pereira. 2 a 1 ainda para o Bahia. Seguem rebaixados Vitória e Bahia. E nenhum sistema de som de estádio anuncia gols no Allianz Parque, Barradão e Couto Pereira. CORITIBA 1 X 2.

17h40 – SP: Renato bate, Weverton faz ótima defesa. Jogos lá e cá em SP, PR e BA.

17h42 – BA: Outra boa defesa de Aranha. Vitória cresce em Salvador

17h45 – SP: Prass salva de manchete em bola levantada na área paulista. Furacão ganha todas pelo alto e quase todas por baixo.

17h46 – PR: Coritiba pressiona e faz o Bumba-Meu-Coxa nas bolas paradas. Falha muito pelo alto a defesa do Bahia.

17h47 – FIM 1º. Tempo na Bahia. Vitória 0 x 0 Santos. Vitória vai caindo.

17h49 – SP: Wesley faz bom lance e chuta mal de canhota em raro contragolpe bem feito pelo Palmeiras.

17h50 – FIM 1º tempo no Paraná. Coritiba 1 x 2 Bahia. Bahia vai caindo.

17h52 – FIM 1º tempo em São Paulo. Palmeiras 1 x 1 Atlético Paranaense. Verdão vai se salvando.

 

No intervalo, caem os mesmos times que começaram rebaixados” – Vitória e Bahia.

 

SEGUNDO TEMPO

 

18h08 – Bola rola em São Paulo. A que rolou por último agora rola primeiro. Palmeiras ainda se salva.

18h08 – Bola rola em Salvador. Vitória ainda cai.

18h09 – Bola rola em Curitiba. Bahia ainda cai, mesmo vencendo.

18h10 – SP: Mazinho perde ótima chance, em tiro desviado por Dráusio. Palmeiras começa no ataque. Furacão muito encolhido.

18h12 – PR: Coritiba parte para o ataque em busca do empate na despedida de Alex.

18h15 – PR: Bahia perigoso no contragolpe, quase amplia com Galhardo.

18h15 – SP: Cristaldo x Wesley. Este é o primeiro jogador xingado duas vezes no Allianz Parque quando substituído.

18h18 – SP: Mario Sergio dribla 3 e quase faz golaço para o Furacão. Parecido com o lance que Patrick fechou a conta a favor do Sport, na inauguração do Allianz Parque.

18h19 – BA: Vitória ataca mais, mas ainda descoordenado.

18h21 – SP: Nathan sente lesão nas costas e sai chorando do gramado. Victorino entra no Palmeiras.

18h23 – SP: Marcos Guilherme tem boa chance depois de outro lance em que a zaga do Verdão falha em bola aérea.

18h24 – PR: Barbio perde gol claro à frente de Vanderlei. Bahia mais perigoso nos contragolpes.

18h25 – BA: Vitória aperta e Dinei quase abre o placar, mas o time segue muito nervoso nas conclusões, além dos passes errados.

18h27 – SP: Furacão cresce na partida à medida em que Valdivia vai se cansando. Henrique muito isolado. Cristaldo apenas corre pela direita.

18h29 – BA: Vitória melhora, mas só chega mesmo com perigo nas bolas paradas.

18h30 – SP: Cristaldo quase vira não fosse Weverton, em outro belo lance de Valdivia.

18h32 – SP: Mouche x Mazinho. A última mexida de Dorival jr. Palmeiras melhora, mas as finalizações são um fim.

18h34 – SP: Renato tenta de letra e Palmeiras perde outra boa chance.

18h34 – MATTEUS X NATHAN. Furacão tenta recuperar a bola e ganhar velocidade no contragolpe

18h36 – PR: Coritiba tenso não consegue criar.

18h39 – BA: Muito nervoso o Vitória. Não consegue concluir os lances. Mas Santos cria pouco no contragolpe.

18h41 – BA: Boa chance do Vitória.

18h42 – SP: Henrique chuta mal e Gabriel Dias quase faz para o Palmeiras. Sem querer. Claro. Verdão até cria, mas em lances de rara feiura. Time fraquíssimo tecnicamente. 

18h42 – BA: Leando Damião tem ótima chance e perde em boa saída do goleiro.

18h43 – SP: Outra vez o Palmeiras chega, mas se atrapalha na conclusão.

18h43 – SP: Torcedor do Palmeiras passa mal no Allianz Parque e é atendido pelos paramédicos.

18h47 – BA: Vitória tenta de todos os jeitos, mas esbarra nas próprias limitações.

18h47 – SP: Mouche quase faz, zaga salva em cima. Palmeiras ataca demais, Furacão recua demais.

18h48 – PR: Dudu empata. 2 a 2. Seguem caindo Vitória e Bahia. CORITIBA 2 X 2.

18h51 – PR: Alex é substituído. Final de uma carreira brilhante. Ele não merecia deixar o campo derrotado. Ele é um vencedor.

18h53 – BA: Policiamento se movimenta no gramado do Barradão.

18h55 – BA: Santos tenta cozinhar o jogo.

18h56 – FIM de jogo em São Paulo. 1 x 1.

18h57 – BA: Gol do Santos. Thiago Ribeiro, em belo contragolpe. Vitória rebaixado.

18h58 – PR: Gol do Coritiba. Keirrison, que substituira Alex. Grande virada do Coxa. Bahia rebaixado.

18H59. FIM DE JOGO EM CURITIBA. CORITIBA 3 X 2 BAHIA. BAHIA REBAIXADO

18h59. FIM DE JOGO EM SALVADOR. VITÓRIA 0 X 1 SANTOS. VITÓRIA REBAIXADO.

Com os resultados de Bahia e Vitória, o time paulista seria salvo mesmo perdendo.

Com tudo que não jogou no campeonato, o campeão do século XX fez campanha para ser rebaixado.