São Paulo perde jogo igual numa falha individual

Leia o post original por Fernando Sampaio

san-lorenzo-x-sao-paulo---ceni-e-lucao-lamentam-gol-sofrido_afpO São Paulo não jogou mal.

O resultado sim foi mau.

Foi um jogo igual, decidido numa falha individual.

Cauteruccio teve muito mérito, claro, mas o chapéu foi vacilo.

Tolói estava bem na partida, seguro, infelizmente falhou no lance decisivo.

O Tricolor enfrentou bem a greve argentina, chegou atrasado no estádio, ônibus só com dois batedores, não se afobou, fez o aquecimento tranquilo, sem pular etapas, entrou em campo focado, pilhado no nível ideal, sem afobação, esfriou o jogo, ditou o ritmo, administrou a pressão e levou o primeiro tempo numa boa.

O San Lorenzo não fez nada, mérito do São Paulo.

No segundo tempo o time argentino aumentou a velocidade, o jogo ficou aberto, Edgardo Bauza fez alterações para deixar sua equipe mais ofensiva e chegou mais próximo do gol adversário. O meio campo tricolor perdeu a marcação e a zaga ficou mais exposta. Em compensação o Tricolor ganhou mais espaço, e contou com a velocidade do Centurión.

Porém, o “Rildo argentino” corre, corre, corre mas não pensa.

Apesar de mais ofensivo, o San Lorenzo não conseguia criar oportunidades e Ceni continuou sem muito trabalho. O jogo caminhava para 0x0 até que numa jogada sem muita pretensão, Lucão foi obrigado a sair até o meio campo e cobrir Souza e Denilson, perdeu na cabeça, Tolói foi na cobertura, afobado, deu o bote, levou um chapéu totalmente evitável, Cauteruccio fez o golaço que decidiu a partida.

A derrota não elimina o São Paulo mas deixa o caminho bem difícil.

O San Lorenzo tem 3 pontos fáceis dos 6 a serem disputados, o São Paulo não.

 

 

Foto: AFP

Share This: