Senador pede para CPI convocar presidente da Nike e procuradora americana

Leia o post original por Perrone

O senador Paulo Bauer (PSDB-SC) quer que a CPI do Futebol ouça a procuradora-geral dos Estados Unidos, Loretta Lynch, responsável pela investigação feita pelos americanos sobre corrupção na Fifa, e o presidente da Nike do Brasil, Cristian Corsi.

Bauer também pede que seja ouvido Charles Blazer, ex-secretario-geral da Concaf, considerado um dos pivôs do escândalo no futebol mundial e que já admitiu à Justiça americana ter recebido propinas nas eleições das sedes das Copas de 2010 e 1998. Três senadores viajariam para os Estados Unidos a fim de ouvir Blazer, se a Justiça americana autorizar a ação.

Os requerimentos serão votados na próxima quinta-feira junto com outros pedidos. O próprio Bauer quer a convocação de Eurico Miranda, presidente do Vasco, e do empresário Kléber Leite, ex-presidente do Flamengo, além de Andrews Jennings, jornalista responsável por muitas denúncias de supostos casos de corrupção na Fifa. Romário (PSB-RJ) quer a convocação de Marco Polo Del Nero e Ricardo Teixeira.

Ao justificar o pedido de convocação do presidente da Nike do Brasil, Bauer diz que os contratos da CBF com a fornecedora de material esportivo devem ser minuciosamente investigados por conta de suspeita de pagamento de propina a Ricardo Teixeira. O ex-presidente da CBF alega que nunca recebeu suborno. A empresa também nega irregularidades. A CPI da Nike, instalada em 2000, investigou os acordos entre as duas partes.