Cartolas deveriam ser mais diretos nas reclamações

Leia o post original por Vitor Birner

De Vitor Birner

A quantidade de erros favoráveis ao Corinthians interfere no andamento do Brasileirão.

O Alvinegro joga futebol capaz de credenciá-lo ao título, mas os 7 pontos acima do Atlético MG são consequência também das decisões de quem deve tornar as regras do jogo iguais para todos.

Isso não significa que há complô ou qualquer tipo de artimanha premeditada para construir o campeão.

Não se acusa por causa de impressões. É necessário de algo concreto para isso.

Quem entra em campo para impor as regras do esporte deve ser respeitado, pois não se trata do personagem fictício que habita as mentes alheias.

Xingar no twitter, como fez o ex-presidente atleticano Alexandre Kalil, é algo agressivo e ineficaz.

Lamentar deixando nas entrelinhas que existe, tal qual outros dirigentes manifestaram, favorecimento ao time de Parque São Jorge, nada acrescenta.

Se eles têm alguma informação, seja sobre corrupção ou conjectura política capaz de inibir árbitros e gerar direcionamento de resultados dos jogos, o ideal é que citem.

Ressalto que a credibilidade do nosso futebol continua quase nula.

É imprescindível alterar isso.

A crença das pessoas na honestidade no esporte é fundamental tanto para quem ama o jogo quanto aos tecnocratas que o consideram apenas um grande negócio.

Relatei uma das minhas ideias de como fazer isso – não é nova porque falo faz mais de década –  no post acima.