O verdadeiro matador

Leia o post original por Flavio Prado

Os modismos vem e vão no futebol como na vida. Anos atrás usava-se o termo “matador” para definir o cara que marcasse muitos gols. Era o grande momento de Evair, no Palmeiras. Ele virou o Matador, Evair. Uma justa “homenagem”. Mas, há nos dias de hoje, um verdadeiro “matador através de seu gols. O nome dele é Aaron Ramsey. Tem 25, joga no Arsenal e na seleção do Pais de Gales, como grande protagonista, ao lado de Gareth Bale. Não é um grande artilheiro. Ainda bem. Por uma macabra coincidência, seus gols são seguidos de mortes de personalidades mundiais. O que, no começo, era motivo de gozação, agora tornou-se até centro de apostas, ou preocupação. E sei que você, que está lendo essa história pela primeira vez, deve estar achando pura bobagem. Todos têm a mesma reação. Foi assim na redação da Jovem Pan, durante o Programa no Mundo da Bola, quando Ramsey fez um golaço de calcanhar e comentei sobre o assunto, inclusive no ar, no último sábado. Meus convidados o CEO, Alex Bourgeious e o treinador, Andre Jardine, me olharam de maneira estranha. Como eu poderia imaginar que um simples gol tinha o poder de “matar”?. Pois é. O prazo das mortes de celebridades não passa de três dias. E foi cumprido à risca. 24 horas depois, Nancy Reagan, ex Primeira Dama dos Estados Unidos, falecia. Mandei um whats app para Bourgeious. No dia seguinte, foi ele quem me enviou. George Martin, histórico produtor do Beatles, também estava morto. Claro que estamos falando de pessoas com mais de 90 anos. Mas elas tinham que esperar o gol do Ramsey? E aí o tema voltou em todo mundo. Ele diz não se incomodar com a “maldição” de seu gols. Os famosos se incomodam. E os velho ditado volta. “eu não acredito em bruxas, mas que elas, existem, existem”. A seguir a Lista de Ramsey:

5/jan/2008: Chasetown
Morre Buddy LeRoux, ex-dono do Boston Red Sox, em 7 de janeiro.

22/ago/2009: Portsmouth
Morre Ted Kennedy, senador de Massachussets e irmão de John e Bob Kennedy, ambos assassinados nos Estados Unidos na década de 1960. Ted morreu dia 25 de agosto.

14/nov/2009: Escócia
Morre Antonio De Nigris, atacante mexicano, em 16 de novembro, após um ataque do coração. Tinha 31 anos e jogava pelo Larissa, da Grécia.

1/mai/2011: Manchester United
Morre Osama Bin Laden, líder e fundador da organização terrorista Al-Qaeda, no dia 2 de maio. Ele foi encontrado por tropas americanas.

2/out/2011: Tottenham
Morre Steve Jobs, co-fundador e presidente da Apple, no dia 5 de outubro.

19 /out/2011: Olympique de Marseille
Morre Muammar Gaddafi, ditador da Líbia, em 20 de outubro. Gaddafi foi morto por rebeldes líbios.

11/fev/2012: Sunderland
Whitney Houston é encontrada morta num quarto de hotel nos Estados Unidos, no dia 12 de fevereiro.

22/mar/2013: Escócia
Morre Boris Berezovsky, empresário e político russo que era investigado por lavagem de dinheiro como dono da MSI, empresa que investiu no Corinthians em 2005. Berezovsky faleceu no dia 23 de março.

14/mai/2013: Wigan
Morre Jorge Rafael Videla, ex-presidente e ditador argentino, no dia 17 de maio.

21/ago/2013: Fenerbahçe
Morre Sid Bernstein, promotor americano de shows que foi responsável por trazer os Beatles e os Rolling Stones aos Estados Unidos na década de 60.