Classificação encaminhada

Leia o post original por Celso Cardoso

Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press
Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press

Ganhar é fundamental. Mas quando a vitória é conquistada com bom futebol, melhor ainda. É pra estampar o sorriso no rosto e, se assim é, o torcedor corintiano pode sorrir genuinamente. Contra o Cerro, na arena em Itaquera, o Corinthians de Tite sobrou em campo. Jogando em velocidade e com volúpia ofensiva, os corintianos se multiplicavam na área adversária. Não só os homens de frente surgiam como protagonistas. Uendel e Maycon, por exemplo, estiveram próximos de marcar, mas coube a Lucca a autoria do gol corintiano na primeira etapa.  Aos 23 minutos, após bela jogada de Fagner atuando como um ponta, a bola chegou pra Bruno Henrique e, dos pés do meio-campista, ela encontrou o atacante que soltou o pé pra fazer 1 a 0. Foi pouco perto do que produziu o time paulista na etapa inicial.

No segundo tempo, em 10 minutos de jogo, Lucca teve outras duas oportunidades de ampliar. Não fez. E quando tentou cruzar, contou com a sorte do desvio contra de Mareco pra levar o Corinthians aos justos dois a zero. Depois foi só administrar o resultado e encaminhar a classificação.

Foto: AFP
Foto: AFP

Triste São Paulo

Se o Corinthians está mais perto das oitavas, o São Paulo, por outro lado… O empate contra o Trujillanos na Venezuela foi terrível para as pretensões são-paulinas. O jogo contra o River na próxima rodada ganhou clima de decisão. Uma derrota elimina o time da Libertadores. O empate não exclui matematicamente, mas deixaria o clube respirando por aparelhos. Não há margem de erro. Serão ainda mais tensos os próximos dias no Morumbi.