Por que tanta luta para contratar Maicon?

Leia o post original por Quartarollo

Por que tanta luta para contratar Maicon?

O São Paulo se apaixonou por Maicon, 27 anos de idade, rodado, raçudo, pouca técnica e muita disposição, mas de futebol discutível. É um Lugano mais novo.

Não é nada disso. Fez gols importantes como aquele contra o Atlético Mineiro, mas ontem vendo-o jogar ali atrás do gol deu para notar que tem muita dificuldade com a bola. Além disso é lento e pesado e vice-versa.

O ex-presidente Aidar trouxe Lugano para agradar a torcida pagando 250 mil reais por mês para ser apenas um motivador.

É o motivador mais bem pago do mundo e agora a coisa se repete com a atual diretoria querendo manter Maicon por mais algumas temporadas.

Maicon virou xodó da torcida do São Paulo, que ultimamente tem surpreendido pela predileção por jogador ruim. Gosta de cada coisa bastante discutível.

O maior problema em contratar Maicon em definitivo é que o Porto, de Portugal, que detém seus direitos quer na transação dois jovens promissores jogadores.

Inácio, lateral-esquerdo, e Lyanco, zagueiro, são jogadores que podem dar um bom retorno ao tricolor no futuro.

O Porto vem fazendo isso há muito tempo. Contrata jogador barato no Brasil, às vezes pega direto das mãos dos empresários ainda quando são meninos e acabam estourando na Europa.

Os clubes portugueses já faturaram milhões de euros como atravessadores do futebol brasileiro.

Agora o Porto quer Felipe, do Corinthians, para a zaga e quer se livrar de Maicon até pela idade que ele já tem.

Eu se fosse o São Paulo jamais daria dois jogadores, que segundo aqueles que os conhecem, são promessas verdadeiras para o time de cima em troca de um veterano que é quase um brucutu jogando bola. Não vale à pena.

Ah, mas Maicon será importante nos jogos contra o Atlético Nacional nas semifinais da Copa Libertadores.

O São Paulo não é favorito nos jogos contra os colombianos e já está entre os quatro melhores da competição, coisa impensável há pouco mais de um mês.

Já vai ter mais uma grande arrecadação no jogo de ida no começo de julho. Chegar à final é importante, mas com ou sem Maicon dá para chegar.

E pensar no futuro também é obrigação da atual diretoria do São Paulo. Não dá para rifar bons jogadores dando-os de graça para o Porto para contratar Maicon. Eu não faria isso, mas o São Paulo quer fazer de todo jeito.