Qual a conclusão depois de 6 rodadas do Brasileiro?

Leia o post original por Quartarollo

Já dá para concluir alguma coisa depois de 6 rodadas do Brasileiro?

Que a disputa está mais acirrada é uma constatação. Pelo menos por enquanto nenhuma time conseguiu desgarrar na classificação.

Corinthians, Grêmio e Internacional estão lá na frente com 13 pontos. O time de Tite prevalece na primeira posição no desempate no quesito fair play, não tomou nenhum cartão vermelho contra um dos gremistas.

A campanha é absolutamente igual entre timão e tricolor gaúcho. Roger Machado, que a exemplo de Tite, foi também eliminado da Libertadores, foi mantido e consegue mostrar serviço com segurança à frente do Grêmio.

Seu time joga bem e tem bom esquema tático. O melhor do país, na minha opinião, continua sendo Tite. Mais uma vez vai dando o jeito na situação e remonta um bom Corinthians que se não é melhor tecnicamente que o do ano passado, tem a mesma disposição e não desiste nunca.

Que o diga o Coritiba que tomou o gol de virada no último minuto no sábado passado, no Itaquerão. O Grêmio também fez o gol da vitória no último minuto contra a Ponte Preta. Foi um golaço do bom menino Luan.

O Internacional com Argel, que era um zagueiro truculento e parece ser um técnico mais preocupado em jogar futebol, acabou escorregando na rodada. Foi derrotado pelo Vitória, 1 x 0, em Salvador.

Jogar no Barradão é muito difícil e apesar da boa campanha e do bom time, o Colorado não resistiu. O Corinthians também perdeu lá, jogou muito bem, mas acabou derrotado num jogo cheio de gols.

Esses três começam brigando bem no Brasileiro e se não forem desfalcados pela janela de meio de ano mais do que se espera, podem manter uma boa regularidade e continuar brigando lá em cima.

O Corinthians é o atual campeão; O Internacional não vence desde 1979, com Ênio Andrade e com Falcão ainda como jogador; O Grêmio não vence um Brasileiro desde 1996 quando derrotou a Portuguesa, no Olímpico.

A favor do Internacional houve aquela bagunça do Luiz Sveiter em 2005 que tirou o time da liderança quando o “magistrado” do STJD resolveu refazer 11 jogos apitados por Edilson Pereira de Carvalho por causa de escândalo da venda de jogos envolvendo o árbitro.

O único problema é que em nenhum dos 11 jogos houve erros grosseiros do árbitro da ocasião e mesmo assim eles foram repetidos manchando um campeonato que acabou conquistado pelo Corinthians de Antonio Lopes, Tevez e Nilmar.

O Palmeiras hoje é o quarto colocado com 12 pontos e aparece bem nas primeiras rodadas. Só jogou mal mesmo contra a Ponte Preta quando perdeu, em Campinas, 2 x 1.

Teve problemas de arbitragem contra si nos jogos com Grêmio e ontem em Brasília contra o Flamengo, mas mesmo assim superou o mau árbitro e venceu.

Cuca tem todas as condições de melhorar o time e coloca-lo na disputa, mas acho que ainda é cedo. O Palmeiras precisa ter uma boa sequência no Campeonato. Os últimos anos foram difíceis para a vida do Verdão e isso parece que repercute até hoje.

Domingo contra o Corinthians na Arena Palestra Itália é um bom teste para esse time de Cuca.

Logo atrás na classificação vêm Flamengo, São Paulo e Chapecoense, com 10 pontos. Desses, o time de Santa Catarina joga para fazer um bom estoque de pontos agora e depois se manter no meio da tabela para ficar na primeira divisão.

Não é time para disputar nada mais acima. Não será o Leicester brasileiro.

Flamengo é uma surpresa pelo elenco que tem e que não acho tão bom, mas tem conseguido algumas coisas interessantes. Ontem foi dominado pelo Palmeiras e poderia ter tomado mais gols.

O São Paulo de Bauza é pragmático. Vai jogar pelos pontos e se não der para ganhar, tentará pelo menos o empate. Não quer perder e vem fazendo boa campanha.

Sem Paulo Henrique Ganso, Rodrigo Caio e Mena que estão na Copa América e com muitos contundidos, Edgardo Bauza, para mim a melhor contratação do clube na temporada, consegue ajuntar o pessoal e fazer um bom time. Ganhou com autoridade do Cruzeiro sem sofrer maiores pressões.

Denis quase não trabalhou no Mineirão. Pela história que tem, o São Paulo é um time que deve ser respeitado no Campeonato Brasileiro.

Tem ainda a Libertadores para jogar e vai pegar o ótimo time do Atlético Nacional, que no entanto está perdendo jogadores importantes e pode vir mais enfraquecido para os jogos com o tricolor.

Mais atrás na classificação existem times que têm história no Brasileiro como Fluminense e Santos, mas que estão muito irregulares. Talvez o Fluminense com Levir Culpi e com um elenco melhor que o do Santos consiga fazer um Campeonato melhor.

Ao Santos resta torcer contra as saídas de Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira nessa janela de junho. Por enquanto os dois primeiros estão na Copa América com a Seleção e Ricardo Oliveira só não foi também porque está contundido.

Gabriel pode perder mais rodadas do Brasileiro por conta do torneio olímpico após a Copa América. Ele, e possivelmente Thiago Maia e ainda Gustavo Henrique podem ser convocados.

O Santos tem um bom time, mas não tem um grande elenco. Há vários garotos subindo com muita qualidade, mas não se sabe como irão reagir se forem jogados às feras. Historicamente o Santos tem construído equipes assim, mas agora muita gente boa pode sair de uma vez só.

A vitória contra o Botafogo foi boa para acalmar o ambiente e pressionar menos Dorival Júnior, que mesmo fazendo um bom trabalho, passa a ser responsável pelos maus resultados apesar dos desfalques que justificam às vezes um mau futebol.

Ainda no Brasileiro, o Santa Cruz vai voltando ao normal no meio da tabela, a exemplo do Vitória.

O futebol mineiro é que decepciona até agora. América e Cruzeiro estão na zona do rebaixamento e o Atlético só tem 7 pontos ganhos.

Atlético e Cruzeiro se enfrentam domingo no Independência. É jogo de recuperação para os dois e o América irá ao sul no sábado enfrentar o Internacional. Pode ser jogo de lamentação para os americanos mineiros.