Na Justiça, Santos quer nome de cartolas acusados de receberem propina

Leia o post original por Perrone

Por meio de uma interpelação judicial, o Santos tenta obrigar jornalistas do Diário do Litoral a revelarem o nome de cartolas do clube que, de acordo com o jornal, participam de um esquema de pagamentos feitos pela prefeitura da cidade.

Em fevereiro, o periódico afirmou ter descoberto um esquema pelo qual a prefeitura distribuía “chequinhos” a seus apoiadores na cidade. Foi publicado que entre os que recebiam a propina estavam dirigentes do Santos. Segundo a notícia, a prefeitura nega cometer irregularidades.

Na ação, a direção santista afirma que precisa saber o nome dos cartolas supostamente envolvidos para tomar “medidas administrativas e judiciais contra todo aquele que está sendo beneficiado com ‘chequinhos’ e, essencialmente, utilizando o nome do interpelante (Santos) para cometer ilícitos”.

O clube relata que já havia pedido a identificação dos cartolas, mas ouviu como resposta que eles não seriam divulgados com base no direito a sigilo da fonte. O advogado santista alega que não quer saber quem passou a informação ao jornal, mas só identificar os envolvidos.

As partes agora aguardam a Justiça definir se aceita o pedido para que o jornal, por meio de seu diretor presidente, e um de seus jornalistas, seja obrigado a revelar a identidade dos dirigentes em até dez dias.