Conversa com City avança e Palmeiras mira R$ 68,6 mi por ‘fatia’ de Jesus

Leia o post original por Perrone

Verbalmente, o Manchester City informou ao Palmeiras que aceita pagar 32 milhões de euros (R$ 114.464.000,00) por Gabriel Jesus. O clube brasileiro gostou do que ouviu e as conversas seguem, mas ainda não há nada oficial.

Também já existe uma negociação com os empresários e com o atacante que possuem a maior parte dos direitos econômicos do atleta.

O Palmeiras só tem 30%, mas está otimista rem relação a um acordo para ficar com 60% dos 32 milhões de euros, se a venda for realizada por esse valor. Assim, sua parte passaria de 9,6 milhões de euros ( R$ 34.339.200) para 19,2 milhões de euros (R$ 68.678.400). Caso suas condições não forem aceitas, o clube pode se recusar a aceitar menos do que a multa de 40 milhões de euros.

Há ainda otimismo no Palmeiras sobre o City topar receber Jesus, caso a negociação se concretize, só depois do final do Brasileirão, que termina em dezembro.

Procurado por meio de sua assessoria de imprensa, o Palmeiras informou que não comentaria sobre a situação de Jesus. Já Cristiano Simões, empresário do atleta e que tem participação nos direitos econômicos dele não atendeu ao blog, assim como sua assessoria.

Vale lembrar que há ainda outros clubes, como o Real Madrid e Bayern interessados em Gabriel Jesus. Já o interesse do Barcelona esfriou. Esses três clubes, além de Manchester United e PSG têm o privilégio de poderem pagar uma multa rescisória menor, de 20 milhões de euros, se quiserem contar com o promissor palmeirense.