De volta ao G4

Leia o post original por Celso Cardoso

Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Arena corintiana estava emprestada para os Jogos Olímpicos do Rio. Olimpíada que já deixa saudade e uma certa ressaca. Atletas de alto nível, alguns homens com jeitão de super-homens já foram embora, levando consigo medalhas, orgulho e a reverência do público brasileiro.

Jogos encerrados, as atenções se voltam ao Brasileirão e a Arena, embora coadjuvante no evento, foi devolvida a quem direito, ao Corinthians que lá não perde há quase um ano. A invencibilidade bem que hoje esteve ameaçada quando Yago marcou contra no final do primeiro tempo. Com o placar de  1 a 0 para o Vitória, a tensão fluía no ar, assim como a intolerância da torcida com Cristóvão Borges. Mas no intervalo, o treinador mandou bem. Além do acerto no papo, mandou Marlone a campo no lugar do esforçado Romero. E coube ao substituto do paraguaio marcar o gol do empate. Um golaço, diga-se de passagem. O Corinthians que muito tem criado nos últimos jogos, mas não tem feito gols, chegou à virada num cruzamento que encontrou Marquinhos Gabriel livre pra definir. E os anfitriões ainda tiveram chance de ampliar a vantagem, mas não aproveitaram. De qualquer forma, a vitória foi confirmada, o Corinthians está de volta ao G4 e a tranquilidade volta ao clube, pelo menos por enquanto.

E o time de Cristóvão, de fato, vai ganhando nova cara. Guilherme já ganhou a posição e Marlone deve ser o próximo promovido. Nada mais justo!