Parabéns, Vila. Obrigado, Léo. Santos empata com o Benfica e mantém 100% sobre rival!

Leia o post original por Milton Neves

Que festa maravilhosa o Santos preparou para a Vila Belmiro, a vila mais famosa do mundo.

Bela homenagem e grande maneira de se comemorar 100 anos de muitas glórias, neste verdadeiro templo sagrado do futebol.

O duelo contra o Benfica foi escolhido a dedo para a comemoração, que contou também com a despedida oficial do eterno “camisa 3″ do Peixe, o lateral Léo.

Estiveram presentes craques do passado e do presente, alguns apenas prestigiaram a partida, outros como Giovanni, foram à campo.

Oxalá todos os clubes brasileiros fizessem isso com seus ídolos.

E engana-se quem pensa que o jogo seria apenas um jogo.

O Santos até entrou meio desligado, mas chegou a colocar na roda, literalmente, os portugueses.

Teve até um lance mais duro em cima de Renato, instante que deixou claro a vontade de ambos em vencer o amistoso.

No entanto, um pênalti infantil quase decretou a vitória dos visitantes.

É que o estreante argentino, Fabián Noguera, deixou tudo igual.

Mas se não fosse o goleiro João Paulo, a comemoração ia acabar em muito bacalhau.

Sendo assim, o gosto do primeiro triunfo sobre o algoz de 62 ficou para a próxima.

Isso só reforça a certeza de que o Alvinegro Praiano é um dos maiores rivais que Benfica já enfrentou.

Nem o time mais popular daqui, o Corinthians, daria a satisfação que o Santos deu aos jogadores lusos.

Parabéns, Vila. Obrigado, Léo. Que honra!

OPINE!!!