Palmeiras: levou a melhor em campo e no braço

Leia o post original por Michelle Giannella

O Palmeiras já sabia que a situação poderia complicar lá no Uruguai contra o Peñarol, tanto que levou 20 seguranças para proteger os jogadores, quando o normal é levar cinco ou seis.

Aquelas palavras de Felipe Melo lá atrás ficaram entaladas na garganta dos uruguaios. “Se tiver que dar tapa em uruguaio, eu vou dar”. A imprensa bombardeou isso na época, os jogadores ficaram indignados, tanto que depois veio o pedido de desculpas do atleta que não colou.

Na verdade, os uruguaios estavam apenas esperando a oportunidade de pegar os palmeirenses. Não fizeram nada aqui porque não são bobos, mas quando chegou lá, na terra e na casa deles, a situação mudou da água para o vinho. Ouso dizer que tudo já estava planejado pelo Peñarol. Se não fossem os 20 seguranças do Verdão, o time poderia ter sofrido um linchamento.

Acontece que ficou feio demais para os uruguaios. Eles praticamente chamaram os palmeirenses pro pau, mas arregaram. Levaram a pior no jogo e também no braço.

A imprensa de lá está criticando os caras, dizendo que eles que começaram a briga e que isso foi uma vergonha para o Peñarol.

Pelo menos o Verdão saiu com a vitória de dentro de campo e nada de pior aconteceu. E você, o que achou da confusão?