Briga de Del Nero contra banimento deve durar pelo menos 18 meses

Leia o post original por Perrone

A batalha jurídica de Marco Polo Del Nero contra seu banimento do futebol imposto pela Fifa deve durar pelo menos 18 meses, de acordo com a expectativa da defesa do cartola, conforme apurou o blog. Isso se todas as instâncias possíveis forem usadas.

São três as esferas nas quais os dirigente pode contestar a punição aplicada por suposto envolvimento em casos de corrupção negados por ele.

A primeira etapa será recorrer ao Comitê de Apelação da Fifa. Caso a decisão seja mantida, os advogados de Del Nero devem acionar o CAS (Corte Arbitral do Esporte), com sede na Suíça. Se necessária, a última tentativa seria na Corte Federal da Suíça, país em que fica a sede da federação internacional de futebol.

Em linhas gerais, a tese da defesa do brasileiro será de que o Comitê de Ética da Fifa não produziu provas de que ele tenha praticado atos de corrupção. Também serão alegadas imperfeições processuais que teriam prejudicado o direito do acusado de se defender. Marco Polo é defendido nos tribunais esportivos pelo escritório Bichara e Motta Advogados.

A entidade decidiu julgar Del Nero depois de acusações terem sido feitas contra ele na Justiça americana. Primeiro, a Fifa suspendeu preventivamente o então presidente da CBF até decidir pelo banimento.