Brasil x México

Leia o post original por Flavio Prado

Foto: Patrik Stollarz/AFP

O México é um adversário que oferece várias opções de jogo. O time de Juan Carlos Osorio ataca bastante, consequentemente pode abrir espaços, o Brasil explora muito bem esses espaços, mas existe também o risco.

Um time que ataca bastante, exige alta concentração do adversário. Normalmente, o desafio do Brasil é conseguir o primeiro gol, mas contra o México o time continuará ameaçado mesmo em vantagem, não pode relaxar.

Sobre o jogo contra a Sérvia, o Brasil teve atuação segura, quase não sofreu na defesa, apesar de uma certa pressão no início da segunda etapa.

Ofensivamente, Coutinho tem sido um diferencial com gols e assistências. Coutinho é um jogador capaz de desequilibrar em um toque ou em uma movimentação. O meio-campo ainda tem problemas para controlar o jogo, Paulinho é infiltrador, Tite teve que colocar Fernandinho para reequilibrar o jogo.

Neymar fez boa partida, ainda pode mais, deve crescer com a sequência de jogos. William e Gabriel Jesus podem render mais, são jogadores que não se escondem, mas não estão acertando as jogadas, isso derruba a confiança.

Foto: Hector Retamal/AFP