Campeãs Kerber, Halep e Wozniacki estão fora do US Open

Leia o post original por Fernando Sampaio

tenisbrasil.com.br – O sonho de Angelique Kerber conquistar seu quarto título de Grand Slam e o segundo no US Open foi adiado neste sábado. A ex-número 1 do mundo, e agora quarta colocada, até começou bem o duelo contra a eslovaca Dominika Cibulkova, mas permitiu a virada com parciais de 3/6, 6/3 e 6/3 em 2h13 de partida. O resultado equilibra ainda mais o retrospecto entre Kerber e Cibulkova, agora com 7 a 6 a favor da alemã de 30 anos.

Com a derrota de Kerber, aliada às eliminações de Simona Halep na estreia e de Caroline Wozniacki na segunda rodada, é certo que a temporada de 2018 terá quatro campeãs de Grand Slam diferentes. Isso porque a alemã venceu Wimbledon, a romena triunfou em Roland Garros e a dinamarquesa foi campeã na Austrália. Este é o segundo ano seguido com quatro campeãs diferentes, o que já aconteceu 13 vezes na Era Aberta e 26 vezes na história do tênis feminino. Só nesta década, isso já aconteceu quatro vezes.

Cibulkova, que já foi número 4 do mundo, aparece atualmente no 35º lugar do ranking aos 29 anos. A eslovaca foi finalista do Australian Open em 2014 e chega às oitavas de final em Nova York apenas pela segunda vez em sua carreira profissional. Ela agora desafia a norte-americana Madison Keys, 14ª colocada, para quem perdeu em todos os quatro duelos anteriores.