Alô, alô, torcida! Aquele abraço

Leia o post original por Mauro Beting

Torcida do Flamengo abraça Gávea e escala meninos como se estivessem jogando.

Já cantou Gilberto Gil há 50 anos: Alô, alô, torcida do Flamengo. Aquele abraço!

A torcida merece. Sempre. O clube, para não dizer quase todos, ainda não merece nem os justiceiros de plantão e nem os panos passados das tribunas amigas.

A presunção de inocência pode parecer inocência realmente presunçosa de nossa parte. Ainda mais quando falamos da administração e das práticas no futebol. Mas é princípio inalienável do Direito. E do Jornalismo que busca Justiça, não justiceiros que condenam ou absolvem em primeiro instante.

A imprensa cada vez mais se pauta onde não pode nas redes antissociais. Toma suposição como indício. Esse indício vira verdade sem ser fato. Esse fato vira julgamento sumário. O tribunal vira condenação. Essa sentença vira linchamento. E que se lixem os ritos e regras.