Ih… Grêmio 0 x 1 Libertad.

Leia o post original por Mauro Beting

Abusando da célebre frase de Marinho, ainda no Ceará…

“Está tudo certo. Mas hoje deu errado”.

A explicação simplista de Renato é complexa. É real. O Grêmio tem jogado bem. Quando Tardelli estiver o que claramente ainda não está, o time vai engrenar tanto quanto tem mostrado no RS-19. Mas não foi assim no empate em Rosário. Foi ainda menos na Arena com um belo gol sofrido além dos acréscimos na primeira etapa. E um futebol abaixo da média no segundo tempo mais nervoso que jogado. Mais desesperado que pressionado.

Leonardo não esteve bem de novo na marcação e pouco aportou na frente. Todo o time marcou pouco e esteve desconcentrado, descompactado. Não parecia o Grêmio de Renato. Muito menos Grêmio em Libertadores.

Geromel e Kannemann hesitaram algumas vezes, pra se ter a ideia da falta de ideias do time. Luan não funcionou, Maicon errou demais, os centroavantes pifaram, pouco se viu de Everton, e se viu até demais de Marinho. Alguns rompantes, algumas inconsequências, e a vontade além do recomendável de permanecer em campo mesmo baleado.

Jogo pra esquecer. Ou recordar sempre de que não é assim. E normalmente não é o Grêmio de Renato.