100%. Deportivo Lara 0 x 2 Cruzeiro.

Leia o post original por Mauro Beting

Cinco vitórias e cinco jogos sem levar gols na fase de grupos da Libertadores. Nunca um brasileiro havia feito isso. Só o Nacional de Medellin em 2016 fez parecido até agora.

Líder do grupo desde a quarta rodada. Na quinta, na Venezuela, fez mais uma vez o dever fora de casa. Fred fez um. Sassá marcou de pênalti. Alguns belos lances bem armados por um time muito bem arrumado.

E ainda invicto na temporada. Não perde um jogo desde novembro de 2018.

Tanto por inegáveis méritos dele. E também pelas fragilidades rivais. As duas coisas fazem parte do pacotão de Mano. Não se excluem. E explicam o desempenho incomparável em 2019.

E contando.

Ainda mais com a volta de Thiago Neves à equipe.