São Paulo planeja iniciar captação milionária com fundo em 15 dias

Leia o post original por Perrone

O São Paulo prevê que em cerca de até 15 dias coloque à venda no mercado cotas do fundo de investimento aprovado pelo Conselho Deliberativo do clube em março e que espera captar até R$ 37 milhões. Esse foi o valor apresentado aos conselheiros.

A empresa que vai administrar o fundo já foi escolhida e está em trabalho avançado para a implantação.

De acordo com Elias Barquete Albarello, diretor executivo de finanças, com o dinheiro, será possível quitar empréstimos com instituições financeiras. O clube passaria a ter que reembolsar os investidores com um prazo maior.

A operação é chamada pelos cartolas de alongamento da dívida. Os juros também devem ser inferiores aos pagos atualmente pelos são-paulinos.

O Fundo de Investimento em Direitos Creditórios (Fidc) terá como garantia de pagamento as cotas a que o clube tem direito pela transmissão de seus jogos pela TV.

Em dezembro de 2018, o São Paulo devia R$ 82.567.000 a instituições financeiras por conta de empréstimos, de acordo com seu balanço financeiro.