Pedalando e… Fluminense 1 x 1 Ceará.

Leia o post original por Mauro Beting

O Fluminense fica com a bola. Tem ideia do que fazer com ela. Sabe criar chances. Finaliza muito. Tanto quanto passa a bola. Faz gols. Mais até do que a qualidade técnica da equipe.

Mas sofre gols com facilidade espantosa. Não poucos por infortúnio próprio e atroz felicidade alheia. Quem leva gol de bicicleta de zagueiro com todo mundo posicionado direitinho no Maracanã?

O golaço de bike de Tiago Alves premiou a bravura do Ceará no Rio. E castigou mais uma daquelas atuações de poucas explicações. A torcida que tanto apoiou até em treino pode e deve se chatear. Os gols tomados não são apenas por escolhas táticas mais ousadas. São por falhas técnicas individuais. Ou um gigantesco acerto do rival.

O que não significa mudar rumos nas Laranjeiras