Profissionais cruzam as pernas

Leia o post original por Mauro Beting

Direção do Figueirense: faça o seu. Não desfaça com desfaçatez quem fez o que outros grupos já deveriam ter feito antes. E não só no clube. Uma associação que há 15 anos projetou os próximos 25 não pode se perder assim. Ao menos os jogadores foram mesmo profissionais. Ainda que não remunerados devidamente. Como tantos outros profissionais que não têm como reivindicar direitos.

Não bote na conta deles o que não deve. E bote na conta o muito que está devendo.