Kobe Bryant, nunca esqueci

Leia o post original por Fernando Sampaio

Desde que morei em Los Angeles, nos início dos anos 80, me apaixonei pelo Lakers. Alguns anos depois, passei por lá rumo a Kailua-Kona. Fui gravar a Fernanda Keller no IronMan do Havaí. Liguei do hotel em Santa Monica para a assessoria do Lakers, contei minha paixão pelo time, perguntei se poderíamos gravar imagens do treino e, se possível, uma entrevista com Shaquille O’Neal.

Fonte