Justiça aceita nova suspensão de ação da Caixa contra Arena Itaquera

Leia o post original por Perrone

No último dia 5, pela terceira vez, a Justiça Federal de São Paulo decidiu suspender os autos do processo de execução que a Caixa Econômica Federal move contra a Arena Itaquera S.A., controlada por Corinthians e Odebrecht.

O banco alega inadimplência por parte da empresa vinculada à agremiação em relação ao financiamento de R$ 400 milhões feitos por seu intermédio junto ao BNDS para quitar parte da construção da arena do clube.

A decisão do juiz Victorio Giuzio Neto  foi tomada levando-se em conta pedido das partes, que fizeram a solicitação alegando que ainda buscam uma solução amigável.

A primeira suspensão havia ocorrido em outubro. Em dezembro começou outra.

Sustentando que a Arena Itaquera atrasou parcelas referentes ao financiamento, a instituição financeira executou o contrato exigindo o pagamento antecipado da dívida. Com multas, a cobrança chega a cerca de R$ 536 milhões.

O acordo ainda não avançou principalmente porque o clube se recusa a pagar ao menos parte das multas aplicadas pela Caixa.