Cartolas corintianos miram reunião de Andrés com presidente da Caixa

Leia o post original por Perrone

A diretoria do Corinthians tenta agendar reunião entre o presidente do clube, Andrés Sanchez, e Pedro Guimarães, que preside a Caixa Econômica Federal.

Os que defendem esse encontro entendem que se trata da melhor forma para tentar acabar com o impasse e fechar um acordo entre a instituição financeira e a Arena Itaquera S.A., ligada à agremiação é à construtora Odebrecht.

Alegando inadimplência, o banco executou na Justiça a empresa criada para viabilizar a construção da arena alvinegra. Foi cobrada antecipadamente a dívida referente aos 400 milhões financiados pelo BNDS por meio da Caixa para quitar parte dos gastos da construção.

Com multas que o banco entende ter o direito de cobrar, o valor exigido é de R$ 536 milhões.

As partes já pediram três vezes a suspensão do processo para tentar o acordo. Como mostrou o blog, o último pedido foi aceito pela justiça em 5 de fevereiro. A suspensão vale por 60 dias.

Por mais de uma vez, os cartolas corintianos entenderam que o acordo estava próximo. Porém, o impasse permanece principalmente porque o clube se recusa a pagar parte das multas. A esperança é que, caso encontre  Guimarães, Sanchez consiga convencer o executivo a aceitar os argumentos alvinegros.