Suspensão de pagamentos da Globo por Estaduais é de até 25%

Leia o post original por Perrone

Por conta da paralisação dos jogos devido à pandemia de Covid-19, a Globo suspendeu até 25% dos pagamentos referentes às transmissões dos Estaduais. A informação foi dada ao blog pelo departamento de comunicação da emissora.

Apesar do congelamento das parcelas, a rede de TV diz que em alguns casos já pagou 100%  do valor combinado por campeonatos Estaduais. Nas competições mais afetadas, foram pagos 75% do valor integral. No entanto, a nota não esclarece a situação de cada pagamento.

A comunicação da Globo diz que a TV pagou até aqui mais do que recebeu pelos campeonatos. Isso porque calcula que foram realizados entre 55% e 65% dos jogos comprados em cada Estadual. Alguns pagamentos foram feitos já com os campeonatos suspensos.

A emissora também relata que até agora manteve pagamentos aos clubes referentes às disputas das séries A, B e C do Brasileirão e da Copa do Brasil.

Ainda de acordo com o comunicado, a Globo tem discutido com CBF e clubes soluções para enfrentar os reflexos causados no futebol pelo isolamento social necessário para o combate ao avanço do novo coronavírus. A emissora fala na necessidade de “revisão completa do calendário anual do futebol”.

O Campeonato Paulista está entre os estaduais que tiveram seus pagamentos de cota de transmissão suspensos.

Abaixo, leia a nota enviada pela comunicação da Globo.

“A crise causada pela pandemia do Coronavirus19, que está provocando adiamentos e cancelamentos nos calendários esportivos, faz com que todos os elos que compõem a cadeia produtiva do futebol precisem analisar seus modelos de negócio e renegociar seus compromissos: clubes, federações, empresas de mídia, anunciantes e patrocinadores, entre outros parceiros. Esta não é uma realidade exclusiva do Brasil, e ocorre também em demais competições e modalidades esportivas ao redor do mundo. 

Faz parte deste processo a decisão da Globo de reavaliar o pagamento de futuros vencimentos – em alguns casos a última parcela – de competições que foram interrompidas ou adiadas, e que ainda não têm data nem formato para voltar a acontecer. Cada caso está sendo tratado segundo suas especificidades.

A Globo até o momento vem mantendo o pagamento dos clubes participantes do campeonato brasileiro série A, série B e Copa do Brasil. No caso dos Estaduais, a Globo pagou em alguns contratos 100% e em outros 75% dos valores referentes a esses campeonatos, mesmo com a entrega efetiva de 55% a 65% dos jogos.

Alguns pagamentos foram realizados já com as partidas suspensas e precisamos buscar entre todos uma solução de equilíbrio que depende agora de uma revisão completa do calendário anual do futebol.

Estamos discutindo diariamente, de maneira transparente e serena, formas de atravessar esse período difícil com todos os parceiros – anunciantes, clubes, federações e CBF – e temos a convicção de que juntos vamos encontrar os melhores caminhos.

Até lá, estamos empenhados em soluções criativas que têm assegurado outros tipos de apoio ao futebol brasileiro, com a exposição dos clubes em todas as nossas plataformas, grades de programação e coberturas. Como parceiros de mídia do esporte, temos total interesse em achar um caminho que garanta competições fortes, equilibradas e competitivas”.