Justiça analisa novo pedido de prisão domiciliar para Ronaldinho e Assis

Leia o post original por Perrone

Nesta terça (7), às 16h de Brasília (15h no horário paraguaio), haverá audiência em Assunção para que a Justiça analise novo pedido para transformar a prisão preventiva de Ronaldinho Gaúcho e seu irmão, Assis, em domiciliar.

Os dois já tiveram duas solicitações semelhantes rejeitadas. O novo pedido foi feito nesta terça pela manhã.

A Justiça paraguaia está trabalhando em regime de urgência por conta do isolamento social para combater o avanço do novo coronavírus no país. Pedidos como o feito agora pelos defensores dos irmãos estão entre os poucos que continuam podendo ser realizados.

O  ex-jogador do Barcelona e da seleção Brasileira está preso com seu irmão desde o início de março. Eles são acusados de entrarem no país com documentos paraguaios de conteúdo falso. Ambos afirmam que foram enganados, pois acreditavam que cédulas de identidade e passaportes eram originais.