‘Muita loucura’, diz cientista Nicolelis sobre volta a treinos

Leia o post original por Perrone

Em entrevista concedida ao blog no último dia 4, Miguel Nicolelis, médico e cientista brasileiro renomado internacionalmente, demonstrou preocupação com o retorno de clubes brasileiros aos treinamentos presenciais.

“É muita loucura. Na minha opinião é completa loucura”, disse Nicolelis ao ser indagado sobre o tema.

Em seguida, o cientista falou sobre a situação em Porto Alegre, cidade em que Grêmio e Internacional retomaram os treinamentos físicos presenciais na semana passada, após decreto municipal permitindo atividades físicas nos clubes.

“Veja, o Sul está tendo a falsa impressão de que está tendo poucos casos. Mas o Sul, a coisa vai chegar lá no inverno. Aí é quando chega gripe, quando chega o resto. Veja o exemplo de Blumenau, que começou a abrir o comércio. Depois abriu um shopping e, de repente, tinha 175% de crescimengo de casos”, disse Nicolelis.

“Então, você colocar atletas de um esporte de contato, que vão suar, vão se enroscar, é uma temeridade, sim. Entendo que os clubes de futebol têm uma situação difícil, têm razões reais, mas qual é o ponto para você expor atletas a um risco desses?”, completou o cientista e palmeirense fanático.

Num primeiro momento, Grêmio e Internacional retomaram apenas os treinos físicos. Nicolelis pondera que a questão não envolve só atletas e avalia que todos os funcionários de clubes que retomem os treinos estarão expostos a riscos.

“Neste momento (o futebol) é supérfluo. Eu sou fanático por futebol e nestas semanas não tenho procurado nenhuma notícia sobre futebol. Não dá”, completou o cientista que é um dos coordenadores do comitê científico criado pelos estados do Nordeste para ajudar no combate à pandemia.