Galo segue cantando de galo!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Divulgação/Atlético-MG

Atlético-MG 4 x 1 Vasco.

Para provocar um pouco de emoção, o Vasco abriu o placar, no comecinho do jogo, com Benitez.

Mas o Galo começou a cantar de galo rapidamente, o que vem sendo uma rotina neste Brasileirão.

Arana empatou, Savarino virou e em dois pênaltis, Guga e Keno, fizeram 4 a 1, isso no 1º tempo.

Se tivesse forçado mais, certamente faria mais uns quatro, mas o Cruzmaltino se fechou bastante para evitar um escore ainda maior.

A superioridade do Atlético Mineiro neste campeonato é tão grande, mas tão grande, que acho que nunca um campeão será definido com tantas rodadas de antecedência neste modelo detestável de certame, por malditos pontos corridos.

Neste momento, com 27 pontos, são cinco de vantagem sobre o segundo colocado, o Inter, e com um jogo a menos que o time gaúcho…

Inter, Flamengo e Palmeiras e até o meu valente Santos, podem se esforçar, mas nenhum deles têm a menor chance de fazer frente ao time de Jorge Sampaoli.

Aliás, será que o Tite, que não vê o Marinho, hoje o melhor jogador em atividade no Brasil, também não acompanha os jogos do Galo?

Seria bom para aprender um pouquinho do que é a chamada “intensidade”, que ele fala tanto em suas modorrentas coletivas intermináveis?

Vou propor o seguinte aos meus amigos e amigas internautas aqui do blog:

Em qual rodada o Galo será matematicamente campeão do Brasileiro de 2020?

OPINE!