Os pedidos de reforços de Sampaoli desanimaram o elenco do Galo?

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Definitivamente, time que quer ser campeão do dificílimo Brasileiro não pode dar um mole como o do Atlético-MG ontem na Bahia.

Jogo na mão, rival dominado, inúmeras chances perdias e, na metade do segundo tempo, “desandou a maionese” do Maior de Minas.

Que coisa…

Agora, a taça, que já estava 84,7% nas mãos do Galo, está ameaçadíssima.

Isso porque, assim como a técnica, a tática e o preparo físico, o psicológico conta muito no futebol.

E, nesse quesito, a derrota para o Bahia tem tudo para abalar o ex-líder do Brasileirão.

Enquanto isso, psicologicamente, Internacional e Flamengo estão iluminados.

O Rubro-Negro principalmente, após o chocolate aplicado no Corinthians.

Mas, como explicar essa queda de rendimento do outrora imparável Atlético-MG?

O cristal de Sampaoli já trincou?

Será que, assim como no Palmeiras, o grupo se desmotivou ao ouvir o seu técnico pedindo constantemente reforços?

Ou se trata de oscilação natural dentro da temporada?

Opine!