Apito atrapalhou, mas o São Paulo mereceu perder na Argentina

Leia o post original por Milton Neves

Foto: Paulo Pinto/SPFC

Lanús 3 x 2 São Paulo

Precocemente eliminado da Libertadores, o São Paulo iniciou hoje a sua trajetória na Sul-Americana.

Sul-Americana que foi o último título conquistado pelo Tricolor Paulista, lá no longínquo ano de 2012.

Olha, mas pelo que esse atual São Paulo tem jogado, não sei se é possível “bater campeão” de novo não, viu?

O time segue muito confuso, errando nessas bobas saídas de bola e sem consistência ofensiva.

E foi assim mais uma vez na noite de hoje, no duelo contra o Lanús, lá na Argentina.

Deu sorte de abrir o placar logo no início de jogo, com Brenner, que vive fase iluminada com a camisa tricolor.

Mas aí recuou, sofreu para segurar o ataque do Lanús no primeiro tempo mas, mesmo assim, conseguiu ir para o intervalo com a vantagem no placar.

Mas, na segunda etapa, a zaga tricolor virou uma verdadeira peneira.

Levou três gols da mediana equipe argentina (dois de Sand e um de Quignón).

E marcou apenas um, com Brenner, sempre ele.

Mas é importante ressaltar que, quando a partida estava empatada em 1 a 1, o mesmo Brenner marcou um gol em posição legalíssima, que acabou sendo anulado pelo bandeira.

Ainda assim, o Tricolor não pode colocar a responsabilidade da derrota apenas nas costas do apito.

O time comandado por Diniz foi mal mais uma vez.

Agora, terá que fazer das tripas coração para conseguir a vaga no Morumbi.

Eu, honestamente, sinto que a vaca tricolor já foi para o brejo na Sul-Americana.

Que o São Paulo não decepcione também na Copa do Brasil, não é mesmo?

Opine!