É treta!!! Relembre históricas brigas de nossos programas esportivos!

Leia o post original por Milton Neves

Como o futebol envolve muita paixão, vira e mexe temos brigas entre parentes, amigos e conhecidos por causa do esporte bretão.

E, claro, nas nossas mesas redondas não é nada diferente.

Desde os primórdios do rádio, os programas esportivos sempre tiveram um tom bélico, com qualquer faísca provocando enormes explosões.

Bom, então vamos recordar algumas das históricas brigas de nossos debates esportivos.

Para provar a minha imparcialidade, claro, acrescentei também o meu épico desentendimento com Avallone.

Mas é importante ressaltar que fizemos as pazes rapidamente e que fomos muito amigos até a sua morte, que infelizmente aconteceu em 2019.

AVALLONE X MILTON NEVES

 

Já que falei dela, comecemos por este épico embate que aconteceu no programa “Mesa Redonda”, da TV Gazeta, em 1997. E repito: fizemos as pazes na sequência e seguimos amigos até a morte do querido Avallone.

GODOI X GOBBI

 

Vocês viram que eu tentei apartar, né? (Risos).

GALVÃO BUENO X RENATO MAURÍCIO PRADO

 

Trata-se de dois dos maiores jornalistas do Brasil. São coisas que acontecem…

AMIGÃO X TRAJANO

 

Olha, que o excelente jornalista José Trajano é ranzinza, todo mundo sabe. Mas ele caprichou desta vez para conseguir tirar o sempre sorridente Paulo Soares do sério…

KAJURU X BOXEADOR MARINHO SOARES

 

Essa foi por pouco. Mas tenho a impressão de que Kajuru levaria a pior, hein? (Risos)

LUXEMBURGO X MARCELINHO

 

A frase “voxê é moléqui” até hoje não sai da boca da boleirada, que vive repetindo, de gozação, é claro, o ataque de Luxa a Marcelinho.

EDMUNDO X PVC

 

O Animal, que nunca brigou em campo, agora quer brigar na TV? (Risos).

ROGÉRIO CENI X MILLY LACOMBE

 

Rogério teve o seu direito de resposta e a situação ficou um tanto quanto embaraçosa. Acontece…

LUXEMBURGO X CAIO

 

O “Pofexô” não deixa barato mesmo…

PVC X FELIPE MELO

 

No fim das contas, PVC é um EXCELENTE jornalista e Felipe Melo é um EXCELENTE jogador.

E aí, amigo internauta, qual é o seu “barraco” favorito?

Opine!