Os cinco maiores jogadores da história do Palmeiras

Leia o post original por Milton Neves

Como vocês, meus amigos internautas, gostaram da brincadeirinha envolvendo os cinco maiores jogadores da história do Corinthians, resolvi estender essa seríssima pesquisa do instituto “DataNeves” para mais clubes.

Hoje é a vez do Palmeiras.

E como é difícil escolher apenas cinco nomes da história do Verdão, não é mesmo?

Muita gente boa passou pelo Palestra Itália.

Mas vamos lá!

CLIQUE NOS NOMES E CONHEÇA SUAS HISTÓRIAS NA SEÇÃO “QUE FIM LEVOU?”

5º: Edmundo

O Animal foi o grande nome do Palmeiras-Parmalat, nos anos 90, quando o Verdão caminhava para igualar o jejum corintiano (a seca alviverde durou 17 anos, de 1976 a 1993).

4º: Leivinha

O meia-direita era peça fundamental na Segunda Academia Palmeirense, no começo dos anos 70. Pena que sua passagem pelo Palestra Itália foi tão curta…

3º: Luís Pereira

“Olha, ele não é nenhum Luís Pereira, mas dá para o gasto”. Luís Pereira jogou tanta bola no Palmeiras que virou sinônimo de zagueiro com boa técnica. E o “Chevrolet” era realmente um defensor genial!

2º: Emerson Leão

Simplesmente o melhor goleiro do time que é referência nesta posição. Merece – e muito – um lugar de destaque nesta lista.

1º: Ademir da Guia

O gênio calado, que jogou mais que o Cruyff, era a alma do fortíssimo Palmeiras dos anos 60 e 70, que conseguia rivalizar até mesmo com o Santos de Pelé. E disputar 902 partidas com a mesma camisa não é para qualquer um.

Opine!