Arquivo da categoria: 7 a 1

O que é mais fácil: o Brasil devolver os 7 a 1 ou o Santos avançar?

Leia o post original por Milton Neves

Meus amigos, paremos com essa história de que o Brasil terá nesta terça-feira diante da Alemanha a sua primeira chance de devolver os “felipônicos” 7 a 1.

Grande bobagem!

Hoje, em Berlim, o escrete canarinho pode enfiar 14 a 1 na seleção local que, mesmo assim, não conseguirá vingar o vexame de 2014 no Mineirão.

Para “apagar” a maior derrota da história do futebol, só se o Brasil fizer 7 a 1 em seus algozes em uma semifinal ou final de Copa do Mundo na Alemanha.

E sabem quando isso acontecerá?

Nunca!

E, além de tudo, o jogo de hoje, apesar de amistoso, é muito arriscado.

Afinal, se perder de muito, o Brasil chegará para a Copa com o psicológico completamente abalado e corre o risco de não passar da primeira fase.

Mas, honestamente, acho que isso não acontecerá.

Estou sentindo que hoje teremos um empate em 1 a 1.

E, o que é mais fácil: o Brasil devolver o 7 a 1 ou o Santos passar hoje pelo Palmeiras?

Complicado…

E não pelo Peixe, claro.

Mas sim pelo que tem jogado este avassalador Palmeiras de Roger Machado, que ainda contará com o apoio de sua torcida no Pacaembu.

O Verdão, que pode até empatar para conseguir a classificação, vencerá novamente.

E ganhará também os dois jogos da final contra o Corinthians, que passará amanhã pelo São Paulo.

Certo?

Opine!

Internet vai à loucura com os 7 a 1 do Brasil para cima do Haiti! E o que você achou do Fred no Galo?

Leia o post original por Milton Neves

1 2 3 4 5 10 9 8 7 6

E, além dos 7 a 1 do Brasil para cima do fraquíssimo Haiti, outro assunto que “bombou” na noite da última quarta-feira foi a contratação de Fred pelo Atlético-MG.

O centroavante, de 32 anos, chega para abrilhantar ainda mais o elenco do Maior de Minas, que já conta com Robinho e com Lucas Pratto.

Mas, a questão é: será que ele ainda tem lenha para queimar?

No Flu, ele ficou devendo bom futebol por muito tempo…

Mas, quem sabe ele não reencontre o caminho do gol com essa mudança de ares, não é mesmo?

Opine!

Um ano do maior vexame da história do futebol mundial! Hoje, com a cabeça mais fria, você já consegue explicar o inesquecível 7 a 1? E será que aprendemos algo com o passeio que levamos da Alemanha no Mineirão?

Leia o post original por Milton Neves

7777Montagem: Futebol da Depressão

7 a 1 foi pouco!

Essa expressão não sai da boca do brasileiro há exatos 365 dias.

Como o tempo passa rápido, não é mesmo?

Afinal, parece que foi ontem que, no Mineirão, Thomas Muller, após cobrança de escanteio, encontrou a zaga brasileira completamente escancarada para abrir o placar da semifinal da Copa do Mundo de 2014.

Depois, Klose, Kroos (duas vezes), Khedira e Schürrle (também duas vezes) completaram o verdadeiro passeio alemão sobre o Brasil.

E, no finalzinho da partida, o destino ainda quis que Oscar marcasse um golzinho de honra, que não diminuiu em nada o maior vexame da história do futebol mundial.

Mas, e então, amigo internauta!

Um ano se passou e, com a cabeça mais fria, certamente já conseguimos analisar melhor os inacreditáveis 7 a 1 para a Alemanha.

Apagão, acaso ou choque de realidade: para você, o que aconteceu?

E, hoje, quem você elege como o grande vilão desse vexame brasileiro?

Eu não vou falar o meu escolhido para não influenciar o seu voto (mas você deve imaginar…).

E tendo em vista os resultados em campo da seleção e toda a crise pela qual a CBF passa neste ano, será que já conseguimos aprender alguma lição com os 7 a 1?

Opine!

Essa gente sem vergonha

Leia o post original por Rica Perrone

Amanhã é o dia do 7×1. Algumas tvs farão o tosco papel de dar um dia de programação dedicado a DERROTA brasileira na Copa. Algo que fizeram no dia da MORTE do Senna, e só. Em nenhuma outra data de conquistas, que convenhamos superam e muito as de fracassos, tivemos um “day”. Em nenhum aniversário […]