Arquivo da categoria: asa

Jesus marca e tira o Palmeiras do marasmo

Leia o post original por Antero Greco

Marcelo Oliveira optou por time reserva no segundo duelo do Palmeiras com o ASA pela Copa do Brasil. O treinador preferiu dar folga para a maioria dos titulares, de olho no clássico com o Santos, no final de semana, pelo Campeonato Brasileiro.  Cartada arriscada, porque o time não foi bem diante de um rival que lhe traz tristes recordações na competição. Mesmo assim, segue adiante por obra e graça de gol de Gabriel  Jesus, autor do gol do 1 a 0 no Estádio do Café, em Londrina.

O jogo desta quarta-feira à noite serviu para o técnico palestrino observar alguns jogadores que têm sido menos aproveitados desde que chegou ao clube. Esse o aspecto que deve ter levado em conta, para saber com quem contar em situações de emergência. Porque, no conjunto, nem tinha como exigir demais de um punhado de atletas que no máximo treinam juntos. E treinar é diferente e jogar pra valer.

Para o torcedor, a escolha de Marcelo não foi das mais satisfatórias. A partida com ASA se arrastou na maior parte do tempo, com raros lances de destaque. Chegou a dar sono em alguns momentos. A ruptura veio com o gol solitário de Jesus, no segundo tempo, quando se temia a possibilidade de a vaga ser definida nos pênaltis. Risco grande, também por valor da equipe alagoana, bem ajustada, arrumada e que tem retrospecto favorável na temporada.

O jogo valeu ainda como de ver Cleiton Xavier titular desde o início – e continua aquém da passagem anterior pelo clube. Os laterais João Paulo e João Pedro são boas alternativas, se necessário. Leandro, aquele que veio na época da negociação de Barcos, negou fogo e deve ter diminuída presença na equipe.  E Gabriel Jesus, que entrou no lugar de Leandro, finalmente desencantou no profissional.

O Palmeiras cumpriu a obrigação, o ASA faturou um dinheiro extra, mas a mudança de local escancara discussão interessante: até onde há fair-play nesse tipo de procedimento?

Insone? Palmeiras Calmo? Palmeiras

Leia o post original por Antero Greco

O Palmeiras atual pode não jogar grande coisa. Os resultados têm mostrado. Mas há um lado curioso. Justamente pela instabilidade provoca efeitos extremos: consegue adormecer quem sofre de insônia e ataca os nervos de quem anda muito calmo e indiferente. Sensações presentes no empate por 0 a 0 com o ASA, na noite desta quarta-feira, no novo Parque.

Mais uma vez, o time que Oswaldo Oliveira mandou a campo tinha formação diferente daquele do final de semana. Por suspensões, contusões, opções do treinador  surgiu uma escalação daquela da derrota para o Goiás. Até aí tudo bem. Entende-se que há baixas constantes. Porém, não serve como explicação recorrente para a falta de exibição convincente. O clube contratou duas dezenas, o elenco tem 40 atletas e o futebol continua escondido.

O Palmeiras conseguiu a proeza de passar mais de uma hora com muita posse de bola, como tem sido frequente, sem criar grandes oportunidades (no primeiro tempo, uma com Cristaldo). Ou seja, toca, roda, vira, gira e não cria. Valdivia e Alan Patrick apareceram pouco; o jovem Kelvin apresentou-se mais para o jogo e foi um dos poucos que se salvaram. Arouca deu conta do recado na marcação.

Oswaldo tentou colocar a equipe mais à frente, com a entrada de Cleiton Xavier (no lugar de Arouca) e Zé Roberto (Alan Patrick). Leandro substituiu Cristaldo, que se contundiu. As mexidas tiveram algum efeito nos minutos finais, quando o Palmeiras arriscou mais chutes a gol, obrigou o goleiro Pedro Henrique a boas defesas e passou a ligeira sensação de que havia despertado de vez.

Ao mesmo tempo, o ASA também se sentiu à vontade para tentar a sorte e por pouco não aprontou de vez, com dois chutes fortes que testaram os bons reflexos do Fernando Prass. No final, técnico e jogadores palmeirenses ouviram protestos da torcida, que começa a ficar com a pulga atrás da orelha. De novo.

Você apostaria que o Palmeiras vai eliminar o Asa de Arapiraca na Copa do Brasil?

Leia o post original por Nilson Cesar

Eu não apostaria um dólar furado que o Palmeiras vai eliminar o Asa de Arapiraca pela Copa do Brasil. O time do verdão está jogando muito mal. Time fraco, sem poder ofensivo, enfim não ficaria assustado se o Palmeiras fosse eliminado em Arapiraca. O Palmeiras precisa de três  ou quatro caras a mais para chegar e jogar. Claro que Oswaldo Oliveira vai estar sempre sendo cobrado, e se as vitórias não chegarem rapidinho é claro que vai perder o seu cargo. Isso é normal no futebol. O Palmeiras joga contra o Corinthians domingo em Itaquera e se perder a crise vai ser “braba”.  Está fraco demais o futebol do time do verdão e os maiores culpados são os jogadores, mas certamente quem vai dançar é o treinador.

Share This:

River imita o Galo e humilha o Cruzeiro no Mineirão! Palmeiras fica no 0 a 0 com o ASA e complica a situação de Oswaldo de Oliveira; Inter vence o Santa Fe e é o único brasileiro vivo na Libertadores; valente Náutico empata com o Fla no Maraca!

Leia o post original por Milton Neves

horriver

Cruzeiro 0 x 3 River Plate

Rapaz…

Será que o Cruzeiro conseguiu anotar a placa do River Plate no Mineirão?

Em determinados momentos da partida, a equipe celeste tremia tanto em campo que parecia até que estava enfrentando o Galo, não é mesmo?

Mas, honestamente, após conseguir vencer o adversário na Argentina, o Cruzeiro tinha a obrigação de pelo menos empatar jogando em seus domínios.

Não conseguiu, levou bovinamente três gols e, no mesmo Mineirão, praticamente igualou o vexame do inesquecível 7 a 1 de Felipão.

Isso que dá vender os melhores jogadores pensando apenas em encher os cofres…

E, como perguntar não ofende: quem perde três Libertadores no Mineirão para times argentinos também tem direito de pedir música no “Fantástico”?

Palmeiras 0 x 0 ASA de Arapiraca

Enquanto isso, o Palmeiras parece insistir em piorar ainda mais a situação do bom Oswaldo de Oliveira.

O tropeço da vez foi empatar 0 a 0 com o ASA de Arapiraca – de péssimas lembranças para o torcedor alviverde -, diante da sua torcida e jogando uma bolinha minúscula.

E agora a situação para o jogo de volta ficou complicada, não é mesmo?

Será que o Verdão vai conseguir ser eliminado da Copa do Brasil pelo ASA pela segunda vez em sua história?

Aguardemos…

Internacional 2 x 0 Santa Fe

No Beira-Rio, com direito a um sufoco imenso, o Internacional conseguiu reverter a vantagem do colombiano Santa Fe e está nas semifinais da Libertadores.

Os gols do duelo foram marcados pelo zagueiro Juan e pelo tão criticado Rafael Moura.

Verdade que teve um “apitinho-amigo” durante o duelo, já que o segundo tento colorado saiu em um lance de escanteio que não deveria ter sido marcado.

Mas o time da casa, com toda pressão que fazia na equipe colombiana, certamente conseguiria balançar as redes de qualquer jeito.

Agora, na semifinal, o Inter pega o Tigres, do México.

Flamengo 1 x 1 Náutico

Mas valente mesmo foi o Náutico!

A equipe pernambucana arrancou do Flamengo um heroico empate em pleno Maracanã e, no jogo de volta, avança às oitavas da Copa do Brasil com um empate em 0 a 0.

E é bem capaz que dê consiga, hein?

Opine!

Pré-jogo: América x ASA

Leia o post original por Flávio Drummond


Design Arthur Henriques (Twitter: @arthurhenriques)

Nova decepção à vista… Será?


Quem arriscaria um placar para logo mais?

“América-MG tenta findar azar no Horto contra quase rebaixado ASA”

Impossível, já que fizemos a proeza de perder para o Paysandu em pleno Independência.

Espartanos, o que esperar de um grupo que amarelou diante de 13.000 torcedores?

Sem pessimismo algum, um empate já seria um bom resultado.

E digo mais: não se assustem em caso de nova derrota para o ASA de Arapiraca, virtual rebaixado para a Série C.

Falta qualidade à equipe.

O meio-campo não cria e o ataque é uma piada.

Simples assim!

Enquanto presenciarmos Elsinho, Jaílton, Danilo, Elvis e Marcão em campo, dificilmente conquistaremos os três pontos.

É… Não é fácil a vida do torcedor americano.

A provável equipe que irá a campo: Matheus; Elsinho, Jaílton, César Lucena e Danilo; Claudinei, Andrei Girotto, Bady, Nikão e Ygor; Alessandro.

Hoje, não irei ao campo. Será a minha maneira de protestar contra a desorganização de terça-feira e, é claro, contra a falta de coragem de alguns jogadores.

Espero que outros façam o mesmo.

Entretanto, estarei acompanhando a partida pela televisão.

Que a sorte nos brinde nesta noite.

Vamos precisar muito dela.

#AcreditaAmérica

“Coelho na raça, deca no peito!”

Com “empurrãozinho” do apito, Palmeiras bate o Oeste e segue nadando de braçada na Série B. Chapecoense goleia o Asa e também se aproxima do acesso! E o ABC vai escapar!

Leia o post original por Milton Neves

Foto: UOL

Foto: UOL

Que feio, hein, Palmeiras?

Utilizando recursos corintianos para ganhar uma partida? E ainda mais na Série B?

Vergonhoso…

Afinal, será que alguém terá a cara de pau de dizer que Valdivia não ENCAIXOU com os braços a bola, isso antes de passá-la para Leandro marcar o primeiro gol da vitória por 2 a 0 do Palmeiras sobre o Oeste?

Acho que não, né?

Enfim, deixando de lado esta vitória no apito, vale lembrar que é impressionante a boa campanha que o Verdão faz na Série B.

A diferença de 10 pontos para o segundo colocado deixa claro que o Palmeiras já subiu!

Mas, eu pergunto a vocês: e se estivesse na Série A, este time atual do Alviverde também estaria fazendo bonito?

Só garanto que, hoje em dia, pelo menos melhor do que o Corinthians estaria, não é mesmo?

E outra equipe que está com o acesso praticamente assegurado é a vice-líder Chapecoense, que bateu hoje o Asa, pelo placar de 4 a 0.

Isso com direito a dois tentos anotados por Bruno Rangel, que é muito melhor que Fábregas do Barça, Rooney do Mancester United e Pato do Timão.

Só falta a grife da mídia cruel de Rio e de São Paulo.

E jogando fora de casa, o querido ABC de Natal mostrou ser “incaível” ao bater o Atlético-GO pelo placar de 1 a 0.

Afinal, com o triunfo, o terceiro seguido, a equipe da capital do Rio Grande do Norte ficou apenas a um ponto de sair da zona da degola.

Já o América-RN foi derrotado pelo Bragantino e deve mesmo roubar o lugar de seu rival na zona de rebaixamento!

Opine!

Palmeiras vence mais uma na Série B e mantém fase tranquila rumo à elite do Brasileirão, mas esse time fará bonito no Centenário??? Que Neymar, que nada: Santos visita o Internacional e traz mais três pontos!!! Olha o Peixe chegando!!! E a nova “Família Solari” já te convenceu? O que você acha da Seleção Brasileira???

Leia o post original por Milton Neves

Mais um triunfo da “Família Scolari”.

Desta vez, o amisoto teve altos e baixos.

Portugal sem Cristiano Ronaldo é um leão sem juba.

O craque do Real Madrid deixou os gajos sem poder de fogo.

Enquanto isso, Neymar assuumiu o papel de protagonista.

Uma assistência e um lindo gol.

Além de reveber muita porrada.

Outro ponto negativo foi a falha de Maicon no gol lusitano.

Mas culpa dividida para o beque David Luiz, que indica a recuada.

E o fantasma do Asa de Arapiraca não existe mais, mesmo.

O Palmeiras jogou tranquilo e passeou no Pacaembu.

Outra vitória fácil do Verdão na Série B.

Mas o time atual ainda não tem cara de Centenário.

Aliás, a revolta de Paulo Nobre com o modesto e honesto Gilson Kleina tem, justamente, este pretexto.

O presidente esperava o time campeão da Copa do Brasil.

Para garantir uma vaga na Libertadores durante o centésimo aniversário.

Mas o Verdão é padrão B.

Vide a derrota para o Furacão dias atrás.

Já o Peixe está voando baixo!

Em jogo atrasado com o Colorado, fora de casa, o Santos somou mais três pontos.

A nova fornada dos “Meninos da Vila” é surpreendente.

Até o cheinho goleiro Aranha está se destacando.

E que estrela tem o tal Renato Abreu.

Entrou e no primeiro toque na bola… Gol!

Tá certo que o goleirão do Colorado aceitou um frango inacreditável.

Se vencer o Náutico, na Vila, em outro jogo atrasado, o Alvinegro vai enconstar de vez no pelotão de cima.

E olha que Neymar mal deixa saudades, hein!

Se cuida, Cruzeiro!

E o que você espera da Seleção Brasileira?

A nova “Família Scolari” já te convenceu?

OPINE!!!

 

 

 

Pós-jogo: ASA 2 x 0 América

Leia o post original por Flávio Drummond


Design Arthur Henriques (Twitter: @arthurhenriques)

E o Comelli “eutropiou” desta vez!

 


Foto: GloboEsporte.com

É… Lá se foi a maior sequência sem derrotas entre todas as divisões do futebol brasileiro nesta temporada: que partida horrível, Coelhão!

“Inspirado, ASA vence e quebra longa invencibilidade do América-MG: 2 a 0″

Logo que o ASA abriu 2×0 pensei “hoje vai ser balaio”, principalmente após o telefonema do grande amigo Ricardo Brasília informando que sonhou que o América venceria de virada por 4×2. Quem conhece o Brasília sabe o que estou dizendo.

Ainda, sofrer gol do Elionar Bombinha é sacanagem!

Se já não bastasse, colocar o Jaílton no lugar do Andrei com 25 minutos de jogo e atuar no esquema com três zagueiros era um grande chamativo para a derrota.

Na primeira metade do jogo, o meio-campo foi inoperante e o ataque inexistente.

E para quem pensava que no segundo-tempo a história seria outra, com uma provável entrada do Bady no meio-campo na tentativa de organizar a criação das jogadas, o jeito foi aguentar o Kleber fazer a sua piorar atuação com a camisa do América.

Na verdade, o time todo jogou mal. Do Doriva ao recém chegado Marcão, que foi, à primeira vista, um Fábio Junior mais novo apenas.

Com o apito final, a freguesia para o ASA de Arapiraca continua.

Que decepção, Coelhão!

“Comelli reconhece que América-MG jogou muito abaixo contra o ASA”

Na coletiva, o Comelli reclamou muito do desgaste físico dos atletas em função da cansativa sequência de jogos.

Pode até ser, mas perder desta forma é de matar qualquer um de raiva.

Alô, Diretoria!!!

Depois do desastre de hoje, restou claro que precisamos de reforços no meio-campo – leia-se armação – e não no setor defensivo.

Sem o Rodriguinho, estamos a pé!

Agora é voltar a vencer no Independência.

Vamos subir, Coelhão!

#AcreditaAmérica

“Coelho na raça, deca no peito!”